Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

O TERRÍVEL CAMINHO

Mas, se avisares ao ímpio, e ele não se converter da sua impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniqüidade, mas tu livraste a tua alma.Ezequiel 3:19

 

O terrível caminho que estão percorrendo os espíritas e os exotéricos é que eles pensam sinceramente que estão no caminho certo. Muitos estão confiantes de que estão ajudando a muitas pessoas. Estão dedicando suas vidas para aliviar sofrimentos, problemas e dificuldades de toda a natureza, aplicam-se com muito ardor nesse trabalho, são pessoas bem intencionadas, mas que estão sendo enganadas. Suas mentes não estão libertas, seus olhos não estão vendo.

 

Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? ( estes são os médiuns, os videntes e os vendedores do Evangelho) e em teu nome não expulsamos demônios? (actualmente isto são as "sessões de "desobsessão") e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?Mateus 7:22

 

E isso é real. Os espíritos ordenam e ensinam a fazer tanta caridade, dão conselhos tão bonitos, operam curas fantásticas, materializam-se diante dos nossos olhos com tanta luz e perfume, MAS SÃO DEMÓNIOS.

Os espíritos aparecem como Maria, como inúmeros outros santos, como mentores. Aparecem até como Jesus. Veja bem, meu querido amigo, qual é a condição para o homem ganhar a vida eterna? Confessar a Jesus Cristo como único Senhor e Deus, confessá-Lo como o Filho de Deus vivo.

Muito bem, qual é o ensinamento dos espíritos sobre Jesus?

Que Ele não é Deus. Que Ele é apenas um espírito evoluidíssimo, mas que não é Deus. Percebeu?

Enquanto as pessoas continuarem a acreditar que viveram várias vidas, e que viverão não sei quantas mais até atingirem a tal evolução espiritual, para os demónios está tudo bem. Com isso estarão negando o poder redentor da cruz e do sangue de Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus. Todos os ardis, doutrinas e subtilezas são validos para manter a pessoa nesta crença. Daí a necessidade de se forjarem tantos outros evangelhos e movimentos exotéricos.

Por isso vemos todo esse esforço satânico em desacreditar a Palavra de Deus influenciando a mídia e todos os meios de comunicação. Nos meis artísticos, intelectuais, nas escolas, universidades, enfim, para onde quer que olhemos, só vemos maldade e credulidade em coisas que não são de Jesus Cristo, violência, aberrações, falsa bondade.

Sobre a Bíblia dizem que foi escrita há muitos anos, por muitos homens e que é um livro ultrapassado, de difícil compreensão. Que ela precisa ser interpretada, que está fora da realidade, que não está de acordo com a ciência que por aí vai.

Falam como se para Deus houvesse algo impossível.

 

Texto retirado do livro da minha querida irmã Sheyla Clark

Na Contramão de Deus

Perguntas do espírita Thales Ulisses

Thales Ulisses, vou aproveitar suas perguntas para elucidar todos os espíritas que realmente desejem conhecer as verdades de Deus.

As mentiras do espiritismo, acompanham as leituras da Bíblia que alguns espíritas dizem fazer, mas, a verdade não é aceite pelos espírtos que possuem aqueles que já se submeteram aos passes espíritas. Só mesmo a graça e a misericórdia de Deus para libertar os cativos.

Passo então a responder às suas perguntas que se encontram a vermelho:

 

_ Onde se é dito na Bíblia que aquele que aceitar Jesus como Deus será salvo no suposto arrebatamento?

"Está dito que aquele que aceitar Jesus será salvo em: "A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação." (Romanos 10:9-10)

"Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado." Marcos 16:16

"A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo." Romanos 10:9

"E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo." Mateus 10:22

"E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa." Atos 16:31

Há muitos mais versículos que afirmam que quem crêr em Jesus Cristo será salvo, mas creio que estes sejam suficientes para responder à sua pergunta!? Nenhuma passagem da Bíblia diz que seremos salvos no arrebatamento... o que a Palavra ensina é que SÓ os salvos serão arrebatados no arrebatamento!

Quanto a crêr que Jesus Cristo é Deus, é algo que fica claro em toda a Bíblia! Mas há uma passagem que não deixa margem para dúvidas: "Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto. Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?" João 14:6-9

Mas, se você realmente tiver desejo no seu coração de conhecer Deus, convido-o a ajoelhar-se perante Ele e a rogar-Lhe que Se revele ao seu coração. Busque a Palavra de Deus à luz da própria Palavra e não da mentira.

_ E onde se é dito que Deus é "uma trindade"?

Com essas palavras nenhuma, mas muitas passagens nos revelam um Deus Único e Verdadeiro composto por três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo:

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;Mateus 28:19

Esta passagem de Lucas é por si só uma declaração da Trindade Divina: "E aconteceu que, como todo o povo se batizava, sendo batizado também Jesus, orando ele, o céu se abriu; E o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como pomba; e ouviu-se uma voz do céu, que dizia: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo. Lucas 3:21-22

No Velho Testamento Deus revela que não criou o mundo sózinho ao dizer: "Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra." Gênesis 1:26

 

_ O que te faz acreditar que a Bíblia é verdade absoluta, você nunca pensou que ela possa ter sido alterada? Ou pior, se os espíritas são enganados por demônios, o que garante que os apóstolos e profetas também não?

O facto de homens como Kardec e outros a usarem para parecerem credíveis já seria uma boa prova...

Mas o que a Palavra de Deus fez e continua a fazer na minha vida fala mais alto que qualquer palavra que eu possa dizer! Isso pra não falar em todos aqueles que ainda morrem só porque a receberam como Palavra de Deus! A Bíblia fala por si mesma, a sua história é um testemunho tremendo da sua origem. E, não vou falar das muitas profecias cumpridas e das que se estão a cumprir dia-a-dia.

O teu comentário "se os espíritas são enganados por demônios, o que garante que os apóstolos e profetas também não?" encerra um grave problema para os espíritas; então vocês estão sendo enganados duas vezes? Não foi Kardec que usou passagens da Bíblia para parecer que a doutrina proveniente do inferno era de alguma forma aprovada por Deus sustentando-se na Bíblia? Se estivesse errada toda a doutrina Kardecista estaria mal fundamentada como na verdade está. Quando se usa a verdade para credibilizar uma mentira, a verdade sempre prevalece!

 

_ Porque grandes eventos e personagens do antigo testamento como reis e o dilúvio não tem nenhum outro registro histórico?

Meu caro, aconselho-o vivamente a actualizar-se! Ainda um destes dias nas televisões de toda a Europa (e creio que do resto do mundo) apareceram notícias sobre descobertas relacionadas com a travessia do mar Vermelho, com fotos e tudo. Também já descobriram vestígios do Templo de Salomão... Quanto aos Reis, fazem todos parte da história de Israel! E, no canal HISTÓRIA da TV CABO (não sei se tem aí no Brasil) está passando uma série sobre "AS PROFECIAS DE DANIEL" que mostram o quanto a Palavra se cumpriu e cumpre diáriamente.

 

_ Você já parou pra pensar que a Bíblia pode ter sido alterada pra confirmar doutrinas? Afinal, Jesus sempre deixou bem claro que não queria que fosse criada nenhuma religião em torno dele, mas qual a primeira coisa que o apóstolo fez supostamente me ordem de "Deus", isso já não é um grande indício?

Desculpe, mas está a falar de quem? Os discípulos da Bíblia só tinham uma religião "Por isso, rejeitando toda a imundícia e superfluidade de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar as vossas almas. E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era. Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecidiço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito. Se alguém entre vós cuida ser religioso, e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração, a religião desse é vã. A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo." Tiago 1:21-27

 

Você também afirmou que: "_ A reencarnação não é mencionada na Bíblia porque o mundo ainda não era evoluído o suficiente na época pra saber essa verdade."

Por favor meu caro, quanta ignorância... a reencarnação tem a sua origem nos Vedas! Os hindús sempre foram reencarnacionistas... Muitos povos da antiguidade, incluindo os saduceus acreditavam na reencarnação... a agora você vem com uma mentira dessas? Iludido por quem? Claro que a reencarnação mostra-se pela primeira vez no Jardim do Éden quando a serpente enganou Eva. 

O evangelho de Kardec é "outro evangelho" e Paulo disse sobre isso:  "Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. (maldito)" Gálatas 1:8

 

Estarei à disposição para qualquer dúvida.

Deus o abençoe e que a Sua Palavra possa cumprir o propósito para o qual nos foi enviada.

Maria Helena Costa

 

MENTIRAS ESPÍRITAS

A doutrina espírita, qual camaleão, usa as mesmas palavras que os cristãos usam, mas na verdade não acredita nelas como os cristãos acreditam! Kardec ensinou:

"...Se alguém tem uma convicção bem firmada sobre uma doutrina, ainda que falsa, necessário é lhe tiremos essa convicção, mas pouco a pouco. Por isso é que muitas vezes nos servimos de seus termos e aparentamos abundar nas suas idéias: é para que não fique de súbito ofuscado e não deixe de se instruir conosco. Aliás, não é de bom aviso atacar bruscamente os preconceitos..." . (O Livro dos Médiuns. Federação Espírita Brasileira: 58ª edição, capítulo XXVII, número 301, página 392.)

Nas linhas acima percebemos que, Kardec ensinou seus seguidores a serem falsos, a fingir e fazer com que o dito fique pelo não dito para, deste modo, não espantar a presa. Ele sabia que os demónios se encarregariam de fazê-las mudar conforme participassem nas sessões.

Quando ouvimos uma espírita afirmar: "Conheço e ensino toda a Bíblia, (...)" temos que perceber que os espíritas não consideram a Bíblia como sendo a Palavra de Deus e que a estudam à luz das obras espíritas! Conforme escreveu um espírita de renome: "Nem a Bíblia prova coisa nenhuma, nem temos a Bíblia como probante. O Espiritismo não é um ramo do Cristianismo como as demais seitas chamadas cristãs. Não assenta os seus princípios nas Escrituras. Não rodopia junto à Bíblia... Mas a nossa base é o ensino dos espíritos, daí o nome _ Espiritismo” (À Margem do Espiritismo, pagina 214,). Esta é a verdadeira crença de um espírita! Ele não crê na Bíblia. Pode estudá-la todos os dias, mas de forma errada, subjugando a Palavra de Deus ao evangelho de um homem e dos demónios que o inspiraram.

Quando um espírita afirma acreditar que Jesus Cristo é o Salvador da humanidade, a própria doutrina espírita contraria esta tese!

Se Ele é o Salvador, se Ele veio para nos salvar, porque não aceitar a verdade que começou na cruz quando Jesus disse ao ladrão arrependido: "(...) Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso." (Lucas 23:43). A possibilidade da reencarnação, por si só, nega a suficiência da obra redentora de Jesus Cristo no Calvário. Se a reencarnação fosse uma forma de alcançar a salvação, Jesus teria dito ao ladrão que precisaria reencarnar até se aperfeiçoar... afinal ele era um criminoso, só os maiores criminosos eram sentenciados a morrer na cruz! Além disso, se Ele é o Salvador, veio salvar-nos de quê? A Bíblia diz-nos que Ele veio salvar-nos da morte e do inferno! Mas os espíritas não acreditam no inferno... nem na morte! Então, Ele veio salvar o mundo de quem? Ele, Jesus Cristo diz que veio destruir as obras do Diabo, mas os espíritas contrariam-nO afirmando que o Diabo não existe! Jesus Cristo falou muitas vezes do inimigo das nossas almas, Satanás, mas, faz alguns dias, uma espírita, Miriam Caravello, me escreveu isto: "Pelo visto é uma adoradora do Diabo, pois em seu parco discurso menciona-o a todo instante."!? Será caso para perguntar o que é que ela pensa acerca de Jesus e dos apóstolos que o mencionaram tantas vezes...

Quando ouço um espírita dizer: "Estou me dedicando á causa espírita, que é onde mais se assemelha aos ensinamentos do Cristo.", só posso perguntar:

_ Que ensinamentos? Fazer boas obras? Amar o próximo? Mas esses já eram ensinos do Velho Testamento: (...) Convertei-vos, agora, cada um do seu mau caminho, e fazei boas as vossas ações, (...) Jeremias 35:15;  "Não te vingarás nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o SENHOR." Levítico 19:18.

Jesus Cristo não veio só repetir o que Deus já havia ensinado! Jesus Cristo veio morrer no nosso lugar, para nos salvar! Ele consumou a nossa salvação no calvário quando pagou o preço que cada um de nós merece pagar. Quando ele exclamou "Está consumado." João 19:30 e expirou, o véu rasgou-se de alto a baixo! o Véu que nos separava da presença de Deus foi rasgado. Em Cristo temos livre acesso ao trono da graça de Deus! Em Cristo fomos tornados filhos de Deus por adopção: "Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo:" Romanos 8:14-17.

A qual Jesus Cristo se referem os espíritas? Ao bíblico não é certamente! Quando um espírita se refere ao Cristo, está a referir-se a um Jesus que era um ser altamente evoluído, que havia sido criado por Deus como nós também o fomos um dia, um Cristo que passou por todas as fases da evolução, porém na linha vertical, sem quedas. Que através de milhares de reencarnações, havia chegado à posição que chegou há dois mil anos atrás, quando então aqui encarnou.

Este não é, nunca foi, o Jesus Cristo Bíblico! O Jesus do espiritismo não é o Verbo encarnado de Deus! "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez." João 1:1-3

Jesus Cristo, o Salvador e Redentor da humanidade é eterno! Não teve princípio nem fim! Ele é Deus! Ele próprio o disse.

Felipe pediu: "Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta." João 14:8-8. "Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai? João 14:8-9.

Termino com um comentário acerca daquilo que os espíritas chamam de "amar o próximo". Por tudo o que tenho presenciado e, salvo raríssimas excepções, o conceito de "amar o próximo" que eles seguem religiosamente passa por insultar todos aqueles que não pensam como eles.

Termino dizendo que não tenho nada contra as pessoas que foram enredadas nas malhas satânicas da doutrina Kardecista e que considero que a crítica construtiva é uma demonstração de amor, o que, por si só justifica a sua procedência e lhe dá o direito de, pelo menos, ser apreciada. Todos os cristãos autênticos têm o dever de lutar com todas as suas forças em prol da salvação de todo aquele que desconhece o poder do sangue de Jesus "Eu sou devedor, tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes." Romanos 1:14.

 

Oro para que o Espírito Santo de Deus possa usar este texto para falar ao coração daqueles que buscam a Deus com sinceridade!

Com amor em Cristo Jesus

Maria Helena Costa

 

 


 

A DOUTRINA ESPÍRITA TENTA REDUZIR DEUS À MENTE HUMANA

Após vários anos de um envolvimento profundo no espiritismo, Sheyla Clark foi resgatada das trevas da morte por Jesus Cristo e escreve :

 

JESUS CRISTO VOLTARÁ!

Não tenha dúvidas meu caro amigo, Ele vai voltar exactamente como subiu! "(...) Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir." Atos 1:11

Ele vai voltar porque Ele assim o disse. Porém, não voltará daquele jeito manso e humilde. Naquele dia, o dia da Sua volta, nenhum "efeito especial" chegará aos pés daquilo que o mundo presenciará. Confira: "E no meio dos sete castiçais um semelhante ao Filho do homem, vestido até aos pés de uma roupa comprida, e cingido pelos peitos com um cinto de ouro. E a sua cabeça e cabelos eram brancos como lã branca, como a neve, e os seus olhos como chama de fogo;

E os seus pés, semelhantes a latão reluzente, como se tivessem sido refinados numa fornalha, e a sua voz como a voz de muitas águas. E ele tinha na sua destra sete estrelas; e da sua boca saía uma aguda espada de dois fios; e o seu rosto era como o sol, quando na sua força resplandece." Apocalipse 1:13-16

A espada de dois gumes é a Sua Palavra, a Bíblia. Pela Sua Palavra seremos julgados. "Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem." Mateus 24:27

"Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém." Apocalipse 1:7

Esta é mais uma afirmação sobre a RESSURREIÇÃO dos mortos. Todos ressuscitaremos e veremos o Senhor no dia do Juízo Final. Isto não é uma alegoria. É a Palavra do seu Criador. Deus é o Deus do impossível. Nada é impossível para Deus. Ele ressuscitou em carne e osso, Ele mesmo o disse quando apareceu aos discípulos após a ressurreição: "Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho." Lucas 24:39

Antes Ele já havia ressuscitado a Lázaro (João 11:1-4) e a uma menina (Marcos 5:22-43). Ele deu vista a um cego de nascença (João 9:1-17) e fez muitos outros milagres que a Bíblia documenta.

Os homens de hoje querem reduzir Deus, decompor Deus como se decompõe uma equação matemática. Querem explicar cada átomo, tudo. Todas as nossas emoções, sentimentos e até  a fé estão sendo dissecados em fórmulas materiais.

Não querem admitir que cada eléctron, cada partícula de energia não tem vontade própria. Tudo, absolutamente tudo o que há, foi criado por Deus, não há geração espontânea. As coisas, as forças cósmicas e as energias, sejam lá quais forem, estão sob o domínio e o poder do Deus Criador e Ele é Jesus Cristo.

Ele foi pregado e pendurado na cruz, enfermou, derramou o Seu sangue. Sofreu todas as dores atrozes do seu suplício como homem e morreu por amor a nós. Você consegue imaginar-se no lugar d'Ele? Consegue imaginar-se a sentir a dor que Ele sentiu? Pois é, aquela cruz era para nós. Ele tomou o nossso lugar. Mas Ele RESSUSCITOU, está vivo e reina com o Pai. Voltou para o Pai e está assentado à Sua direita, aguardando aquele dia em que há-de voltar para julgar os vivos e os mortos!

Conhecer Jesus foi para mim o acontecimento mais importante da vida. Durante tantos anos no espiritismo, nunca soubera o que havia sido aquela cruz, o seu significado, nem a sua importância. Eu havia estudado o evangelho de Kardec, mas nunca havia conhecido o Verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo. Jamais poderia imaginar que Deus Todo-Poderoso, o Criador do céu e da terra, o criador do Universo, pudesse ter um amor tão imenso por suas criaturas. "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus" João 3:16-18.

Ao pensarmos num pai dando seu filho único, maravilhoso e perfeito para morrer por alguém, por amor a esse alguém, ficamos perplexos. A nossa natureza caída não consegue atingir tamanho amor... Ao pensarmos neste filho obediente à vontade do pai, entregando-se para sofrer tortiras até morrer, para substituir outro(s), o verdadeiro culpado, ficamos completamente desconcertados.

O Próprio Deus fez-se homem, obedeceu ao seu Pai, tornou-se Filho do Homem, nascido de mulher, e entregou-se por nós, por amor.

 

 

Texto adaptado do livro:

Na Contramão de Deus

Autora: Sheyla Clark

 

 

 

EX-ESPÍRITA FALA SOBRE: _ A MAIOR REVELAÇÃO DE TODOS OS TEMPOS

Após vários anos de um envolvimento profundo no espiritismo, Sheyla Clark foi resgatada das trevas da morte por Jesus Cristo e escreve a maior de todas as revelações que teve após o milagre do novo nascimento bíblico:

 

O FILHO DE DEUS, JESUS CRISTO, É DEUS!

Eu não sabia disso... Essa revelação foi uma verdadeira implosão na minha vida, nos meus valores e nos meus conceitos. Durante muitos anos eu vivera acreditando que Jesus era um ser altamente evoluído, que Ele havia sido criado por Deus como nós também o fomos um dia:

"No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada do que foi feito se fez. (...) E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e verdade." (João 1:1-3; 14).

Os meus "instrutores" ensinaram que Jesus havia passado por todas as fases da evolução, porém na linha vertical, sem quedas. Que através de milhares de reencarnações, havia chegado à posição que chegou há dois mil anos atrás, quando então aqui encarnou, como um "avatar", na condição de governador do planeta Terra, como seu Cristo Planetário. Os meus "mestres" me "instruíram" cuidadosamente a esse respeito. Sobre esses tais, Deus diz: "Deixai-os; são condutores cegos. Ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova." (Mateus 15:14)

O espiritismo afirma que há vários Cristos no universo e que existem até mesmo entidades mais evoluídas do que Jesus, em outras esferas mais próximas de Deus. Afirma que a distância evolutiva que nos separa de Jesus é maior do que a distância que há entre nós e um cachorro. Precisava agora encontrar na Bíblia aquelas respostas para as dúvidas sobre as reencarnações sucessivas...

No cemitério parisiense sobre o túmulo de Kardec existe uma frase assim: "nascer, morrer, renascer, tal é a lei". Este túmulo está sempre florido pelos espíritas que o visitam; o túmulo de Maomé lá em Meca é reverenciado pelos muçulmanos do mundo inteiro; o túmulo de Sidharta Gautama, o Buda, com seus restos mortais, idem.

Os túmulos! Os túmulos de todos os profetas, fundadores de religiões e filosofias, de todos os líderes e gurus espirituais do mundo, guardam seus ossos. Seus corpos um dia apodreceram, foram comidos por vermes e tudo o que restou deles foram ossos.

Aí está a diferença! TODOS foram míseros homens mortais, criaturas (que foram criadas um dia pelo Senhor) comuns como você e eu.

O túmulo de Jesus Cristo está VAZIO! Não há restos mortais. Jesus RESSUSCITOU, venceu a morte! Jesus não foi um corpo etéreo, meio fluídico como os espíritas querem ensinar. Absolutamente! Jesus é diferente. Ele jamais foi criado. Ele é eterno. Ele é imortal. Ele é o próprio CRIADOR. Ele é o próprio VERBO: "E o Verbo se fez carne e habitou entre nós...". (João 1:14a)

Ele foi uma realidade carnal como você e eu, de carne e osso, com vísceras, músculos, ossos e sangue. Sim, um sangue preciosíssimo, pois era o sangue de Deus em sua passagem pela terra.

Nascendo como um bebé, crescendo como um menino, vivendo como homem e nos amando como Deus. Sim, o Deus Criador, o Todo-Poderoso, o Deus Omnipotente, fez-se homem. Em carne e osso.

A nossa inteligência humana rejeita isso, não queremos admitir a possibilidade de Deus ter vindo ao mundo e ao mesmo tempo ter continuado no domínio absoluto do universo.

Deus é DEUS! Ele pode todas as coisas. O facto de o Filho de Deus ter estado aqui, vivo, em carne e osso, só engrandece o Seu poder. Deus não tem as nossas limitações. Nós queremos raciocinar em termos lógicos humanos. O Deus que cria o DNA das nossas células, que cria a energia nuclear, as explosões solares, que cria uma flor no campo, é o mesmo Deus que escolheu tomar a forma de servo, para vir aqui pessoalmente ensinar-nos e salvar-nos!

A nossa limitadíssima e pobre inteligência talvez quisesse uma manifestação cinematográfica, cheia de "efeitos especiais" ao estilo do cineasta Steven Spielberg.

Mas não. O nosso Deus tomou a forma de servo e veio humildemente ensinar-nos, resgatar-nos e abençoar-nos.

 

 

 

 

 

A Seguir:

JESUS CRISTO VAI VOLTAR.

Texto retirado do livro: Na Contramão de Deus

Autora: Sheyla Clark

 

 

 

CARMA?

No espiritismo, as maldições bíblicas passaram a chamar-se CARMA...

Este nome causa impacto e oprime milhões de pessoas em todo o mundo. Convencidos por Satanás e seus demónios de estarem a pagar por "pecados" cometidos noutra existência, da qual, coitados, não têm memória, a não ser que os mesmos espíritos as coloquem na sua mente, os espíritas conformam-se com vidas tristes, vidas complicadíssimas, das quais Jesus Cristo os pode libertar!

Há casos terríveis de pessoas e crianças sob maldição que apresentam manifestações satânicas. Tais manifestações, nada mais são que fenómenos produzidos pelos demónios que se apoderaram dos seus corpos e controlam suas mentes. Essas pessoas são escravas do Diabo, apesar de negarem a sua existência.

O mentor da mentira do espiritismo não é Allan Kardec, mas sim Satanás. Esse mentor varia a fórmula conforme a maior ou menor intelectualidade/sofisticação das suas vítimas, mas procurará sempre atraí-las para si simulando preencher suas expectativas a anseios. "E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz." 2 Coríntios 11:14

O Espiritismo tem um discurso variável. Apresenta-se travestido de Shyrley MacLaine, Swedenborg, Allan Kardec, Dalai Lama, Xico Xavier, etc.

Enquanto que, a Palavra de Deus é sempre a mesma, o espiritismo, qual camaleão, adapta-se aos gostos das suas presas.

Quantas crianças, jovens, adultos e velhos, subjugados pela mentira Kardecista se entregam a sessões de "desenvolvimento" mediúnico na cega expectativa de resolverem seus problemas espirituais?

Essas pessoas submetem-se a sessões de "tratamento espiritual" frequentando assídua e religiosamente as sessões nos centros espíritas, onde procuram estudar e aprender a doutrina que os guias e mentores, caridosamente, lhes oferecem graciosamente sem lhes cobrar um tostão...

Tal qual um processo de "lavagem cerebral, os demónios que possuem esses guias e mentores, terminam por controlar totalmente sua vontade e seus pensamentos, levando-os muitas vezes a depressões, desespero, ruínas sentimentais, financeiras, físicas e emocionais. Muitos chegam à loucura. Outros ficam tão fascinados com seus próprios conhecimentos esotérico-espirituais alcançados, e com seus impressionantes tipos de mediunidade, adquiridos através de contactos psicofônicos e psicográficos com os espíritos amigos (que são hostes espirituais demoníacas), que acabam completamente subjugados e impedidos em sua liberdade de discernir os ensinamentos do Deus Altíssimo. "Ouvindo alguém a palavra do reino, e não a entendendo, vem o maligno, e arrebata o que foi semeado no seu coração;" Mateus 13:19

O que é mais abominável ao Senhor é que essas pessoas tornam-se profundamente gratas a tais entidades.

O Diabo, sobre quem, eles são ensinados a acreditar que não existe "Cegou-lhes os olhos, e endureceu-lhes o coração, A fim de que não vejam com os olhos, e compreendam no coração, E se convertam, E eu os cure." João 12:40

 

 


Este texto foi adaptado por mim, do livro da minha amada amiga e irmã em Cristo Sheyla Clark

NA CONTRAMÃO DE DEUS

 

 

MANIPULADOS!

Desde sempre que os divulgadores e adeptos das doutrinas reencarnacionistas tiveram e têm suas mentes manipuladas por espíritos malignos. Aquilo que muitos chamam de "mediunidade" é, na verdade, a entrega do corpo e da mente para ser usado por Satanás e por seus demónios disfarçados de figuras conhecidas e de familiares que já partiram desta vida. Levados pela mentira de que o Diabo não existe, criada pelo próprio, são tristemente manipulados por ele, ignorando as palavras daq'Ele que até consideram um Mestre, Jesus Cristo, que disse: "Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira." João 8:44

 



O QUE ACONTECE NO NOVO NASCIMENTO? V

Não há vida à parte de Jesus

Então, não há vida espiritual (vida eterna) longe de Jesus e da fé em Jesus. Nós teríamos muito mais a dizer sobre a relação entre o novo nascimento e a fé em Jesus. Mas deixe-me colocar assim por enquanto: no novo nascimento, o Espírito Santo une-nos a Cristo numa união vivificadora. Cristo é vida. Cristo é a vinha onde brota vida. Nós somos os ramos (João 15.1 e seguintes). O que acontece no novo nascimento é a criação sobrenatural de nova vida espiritual, e ela é criada pela união em Cristo Jesus. O Santo Espírito nos traz uma conexão vital com Cristo, que é o caminho, a verdade e a vida. Essa é a realidade objetiva do que acontece no novo nascimento.
E do nosso lado, o modo que experimentamos isso, é que a fé em Jesus é despertada em nossos corações. Vida espiritual e fé em Jesus vêm a existir simultâneamente. A nova vida faz a fé possível e uma vez que vida espiritual sempre desperta a fé e se expressa na fé, não há vida sem fé em Jesus. Portanto, nós nunca devemos separar o novo nascimento da fé em Jesus. Do lado de Deus, nós somos unidos a Cristo no novo nascimento. É isso que o Espírito Santo faz. Do nosso lado, nós experimentamos essa união pela fé em Jesus.

Nunca separe o novo nascimento da fé em Jesus

Veja como João coloca essas coisas juntas em 1 João 5.4: “porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé”. Nascido de Deus – a chave da vitória. Fé – a chave da vitória. Porque fé é a maneira que experimentamos o nascer de Deus.
Veja agora como João diz isso em 1 João 5.11-12: “e o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida”. Portanto, quando Jesus diz, “o espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita” (João 6.63), e quando diz “você precisa nascer do Espírito” para ter vida, ele quer dizer: No novo nascimento, o Espírito Santo nos dá sobrenaturalmente nova vida espiritual ao nos conectar com Jesus Cristo pela fé. Porque Jesus é vida.
Então, nunca separe essas duas afirmações de Jesus em João 3: “se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” (v.3) e “quem crê no Filho tem a vida eterna” (v.36).
 

 

IN: http://www.hermeneuticaparticular.com/2012/07/o-que-acontece-no-novo-nascimento-pr.html

O QUE ACONTECE NO NOVO NASCIMENTO? IV

Experimentando o sobrenatural, e não somente o afirmando

O que acontece no novo nascimento não é a mera afirmação do sobrenatural em Jesus, mas experimentar o sobrenatural em você mesmo. No verso 2, Nicodemos diz "Rabi, sabemos que és Mestre, vindo de Deus; pois ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele". E, outras palavras, Nicodemos vê em Jesus uma genuína actividade divina. Ele admite que Jesus viera da parte de Deus. Jesus faz as obras de Deus. A isso, Jesus não responde: "quem dera todos na Palestina vissem a verdade que você vê em mim". Ao invés disso, Ele disse: "se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus".
Vendo sinais e maravilhas, e se maravilhando com eles, e dando o devido crédito da operação de milagres a Deus, isso não salva ninguém. Esse é um dos maiores perigos dos sinais e maravilhas: você não precisa de um novo coração para se maravilhar com eles. A velha e caída natureza humana é tudo o que é necessário para se maravilhar com sinais e milagres. E essa velha e caída natureza humana quer reconhecer que o operador de milagres é da parte de Deus. O próprio diabo sabe que Jesus é o filho de Deus e opera milagres (Marcos 1.24). Não, Nicodemos, ver-me como um operador de milagres enviado por Deus não é a chave para o reino de Deus. "Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus".
Em outras palavras, o que importa não é meramente afirmar o sobrenatural em Jesus, mas experimentar o sobrenatural em você mesmo. O novo nascimento é sobrenatural, não natural. Ele não pode ser calculado por coisas que já são encontradas neste mundo. O verso 6 enfatiza a natureza sobrenatural do novo nascimento: "O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito". A carne é o que somos. O Espírito de Deus é a pessoa sobrenatural que traz o novo nascimento. Jesus diz novamente no versículo 8: "o vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito". O Espírito de Deus não é parte deste mundo natural. Ele está acima dessa natureza. Ele é sobrenatural. De facto, Ele é Deus. Ele é a causa imediata do novo nascimento.
Então, Nicodemos - disse Jesus - o que acontece no novo nascimento não é meramente afirmar o sobrenatural em mim, mas experimentar o sobrenatural em você mesmo. Você precisa nascer de novo. E não de maneira metafórica, mas de modo sobrenatural. O Espírito Santo de Deus precisa vir sobre você e trazer nova vida à existência.
No próximo encontro veremos as palavras do verso 5 mais de perto: "em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus". O que água e Espírito significam aqui? E como isso nos ajuda a entender o que acontece no novo nascimento?

Jesus é a vida

Mas hoje eu quero encerrar fazendo uma conexão crucial entre o novo nascimento pelo Espírito e ter vida eterna pela fé em Jesus. O que vimos até agora é que o que acontece no novo nascimento é obra sobrenatural do Espírito Santo que traz vida espiritual onde ela não existia. Jesus disse novamente em João 6.63: "o espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita".
Mas o evangelho de João esclarece outra coisa também: Jesus é a vida que o Espírito Santo concede. Ou podemos dizer: a vida espiritual que Ele dá, Ele só dá em conexão com Jesus. União com Jesus é onde experimentamos o sobrenatural, a vida espiritual. Jesus disse em João 14.6: "Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim". Em João 6.35, disse: "Eu sou o pão da vida". E em 20.31, João diz: "estes, porém, estão escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome".

O QUE ACONTECE NO NOVO NASCIMENTO? III

Nova vida, não nova religião

O que acontece no novo nascimento não é admitir uma nova religião, mas receber uma nova vida. Leia comigo os três primeiros versos de João 3: Ora, havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. Este foi ter com Jesus, de noite, e disse-lhe: Rabi, sabemos que és Mestre, vindo de Deus; pois ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele. Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.”
João faz questão de deixar claro que Nicodemos é um fariseu, poderoso entre os Judeus.
Os fariseus eram o grupo mais religiosamente rigoroso dentre todos os grupos judaicos. A esse fariseu, Jesus disse (no verso 3), "Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus". E ainda mais pessoalmente no verso 7: "Necessário vos é nascer de novo." Logo, um dos pontos de João é: Toda a religião de Nicodemos, todo o seu maravilhoso estudo, disciplina e legalismo farisaicos não suprem a necessidade do novo nascimento. Na verdade, eles podem muito bem evidenciar a necessidade do novo nascimento.
O que Nicodemos precisa, e que você e eu precisamos, não é religião, mas vida. O motivo de referir-se a novo nascimento é porque nascimento traz nova vida ao mundo. Em um sentido, claramente, Nicodemos está vivo. Ele está respirando, pensando, sentindo, agindo. Ele é humano, criado à imagem de Deus. Mas evidentemente, Jesus pensa que ele está morto. Não existe vida espiritual em Nicodemos. Espiritualmente, ele não nasceu. Ele precisa de vida, não mais atividades religiosas ou zelo. Disso ele já tem muito.
Você se lembra do que Jesus disse em Lucas 9.60 ao homem que queria adiar seguir a Jesus para poder enterrar o seu próprio pai? Jesus disse: "Deixa os mortos sepultar os seus próprios mortos; tu, porém, vai e anuncia o reino de Deus". Isso significa que existem pessoas fisicamente mortas que precisam ser enterradas. E existem pessoas espiritualmente mortas que podem enterrá-las. Em outras palavras, Jesus pensou em termos de pessoas que andam por aí com aparência de muita vida, e que estão mortas. Na parábola do filho pródigo, o pai diz: "porque este meu filho estava morto, e reviveu". (Lucas 15.24)
Nicodemos não precisava de religião. Ele precisava de vida, vida espiritual.
O que acontece no novo nascimento é que vida passa a existir onde não existia antes. Nova vida acontece no novo nascimento. Isso não é atividade religiosa, disciplina ou decisão. Isso é a vida passando a existir. Esse é o primeiro modo de descrever o que acontece no novo nascimento.
 

 

Na postagem seguinte:

Experimentando o sobrenatural, e não somente o afirmando

Pode ler toda a postagem em: http://www.hermeneuticaparticular.com/2012/07/o-que-acontece-no-novo-nascimento-pr.html

Pág. 1/2