DIVISÃO DO ESPIRITISMO

5. DIVISÃO DO ESPIRITISMO

O Espiritismo, tanto o de origem européia, codificado por Allan Kardec, como o de origem africana ou indígena, ou seja, candomblé, umbanda, xangô, pajelança e outros, são conjuntos de ensinamentos totalmente contrários à Bíblia.

Os que se entregam a essas práticas, procuram, por diversos meios, entrar em contacto com os espíritos de pessoas falecidas, movidas pela curiosidade e pelo desejo de "conversar" com elas e obter informações sobre acontecimentos "futuros".

No seio do cristianismo, os cristãos, segundo suas convicções e expressão de fé estão distribuídos por várias denominações, ou seja, católica romana, episcopal, pentecostal, luterana, batista, etc.

No seio do Espiritismo isso também é válido.

Os espíritas também se distribuem, não por denominações, mas por correntes ou doutrinas.

O Espiritismo é dividido em cinco grupos principais:

 

UMBANDISTA: - Conhecido também como baixo espiritismo.

Este grupo compreende:

Umbanda: é o nome da actual macumba. Originou-se de escravos bantos, vindos da África.

Quimbanda: é a famosa magia negra. É também conhecido como espiritismo do livro de São Cipriano da capa preta.

Xangô: outra forma de espiritismo afro-brasileiro.

é Babaçuê: espiritismo de origem africana, influenciado pela pajelança...

Pajelança: ritual indígena realizado pelo pajé da tribo. À semelhança das sessões espíritas, nela também ocorre o transe, as incorporações de espíritos e mensagens.

Catimbó: feitiçaria de origem européia, influenciada pelos indígenas e africanos.

 

KARDECISTA - Conhecido também como alto espiritismo.

 Este grupo compreende:

Kardecista Puro: segue as doutrinas de Allan Kardec.

Ruteirista e Ubaldista: seguem as doutrinas de João Batista Roustang e de Pietro Ubaldi, respectivamente.

Emmanuelista: é influenciado pelos "ensinamentos" de Emmanuel, o espírito guia de Chico Xavier.

Ramanista e Paganizante: seguem os ensinamentos do "espírito guia" Ramatis e a tendência espírita liderada por Carlos Embassahy, respectivamente.

 

OUTRAS TENDÊNCIAS: conforme o "líder" ou "espírito guia", como Yokanam, tia Neiva, etc.

GRUPO ESOTERISTA - divide-se nas seguintes organizações:

 " Rosacruz, Teosofia, Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento, "

Organizações diversas tais como:

Ordem dos Iluminados, Legião da Boa Vontade, Ordem Esotérica do Mentalismo,Gnosticismo, Logosofia e Cultura Racional Superior.

GRUPO CIENTÍFICO - espiritismo voltado para o estudo da paranormalidade.

Os Kardecistas não admitem ser confundidos com os umbandistas.

Mas a verdade é que Umbanda e Espiritismo são a mesma coisa.

A própria Federação Espírita Brasileira reconheceu essa igualdade.

Eis o que foi escrito em seu órgão oficial de informação "O Reformador", em sua edição de julho de 1953, pág. 149: "Baseados em Kardec, é-nos lícito dizer: todo aquele que crê nas manifestações dos espíritos é espírita- ora, o umbandista nelas crê. Logo umbandista é espírita, mas nem todo espírita é umbandista, porque nem todo espírita aceita práticas de umbanda."

 

Eis os pontos comuns entre o Espiritismo e a Umbanda:

a) comunicado com os espíritos dos mortos, os "desencarnados";

b) a reencarnação;

c) sofrimento, como base para a evolução no progresso espiritual;

d) a prática da "caridade", que acelera esse progresso.

As pessoas que se esforçam para praticar boas obras, desenvolver-se na mediunidade, crendo que morrerão e reencarnarão diversas vezes e depois passarão a viver em outros mundos como "guias de luz", ficarão bastante surpresos com o que o próprio Deus nos revela em Ef 2:8-9:

 

"Porque pela Graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não vem de obras para que ninguém se glorie."

 

 Esses falsos "santos" ou entidades que baixam em centros espíritas, além de encher o espírito do ser humano de confusão e engano, fazem pesadas exigências a quem os procuram em busca de "favores", que sempre terminam levando as pessoas à escravidão espiritual e, o que é muito pior, jamais verão a face de Deus, pois não terão a vida eterna, segundo a própria promessa divina.

 

 Assim Deus nos revela em Deuteronômio 18:10-13:

 

"Não se achará diante de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador de serpentes, nem necromantes, nem mágico, nem quem consulte os mortos, pois todo aquele que faz tal coisa, é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus, os lança diante de ti. Perfeito serás como o Senhor teu Deus." E Deus ainda nos revela em Levítico 20:6: "Assim disse o Senhor: se alguém se dirigir aos espíritas ou aos advinhos para se relacionar com eles, voltarei o meu rosto contra ele e o eliminarei do meio do meu povo"

 

 

A seguir: 6. O PENSAMENTO ESPÍRITA SOBRE A BÍBLIA

publicado por Maria Helena às 10:16 | comentar | favorito