Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Chico Xavier foi para o Inferno?

Francisco Cândido Xavier (1910-2002), mais conhecido como Chico Xavier, ficou famoso como o médium mais notável e o maior divulgador da doutrina espírita no Brasil. Dizem que ele “psicografou” mais de quatrocentos livros, recebeu mensagens vindas do além da parte de personagens famosos já falecidos (afirmam que seu contato com os mortos começou aos quatro anos de idade!), realizou grandes obras assistenciais e usou o dinheiro procedente da venda de seus livros para ajudar pessoas pobres. Tão grande foi o impacto de Chico sobre a mentalidade religiosa brasileira que recentemente fizeram até um filme sobre ele!

Qualquer que seja, porém, a influência de Chico Xavier ou o grau de admiração que sua figura provoque, o triste fato é que, à luz da Bíblia, ele foi um homem sem Deus, cuja alma, agora, longe de estar num plano mais elevado ou reencarnada em alguma criança, está sofrendo no inferno, sem qualquer possibilidade de livramento. Como é possível chegar a essa conclusão? É simples: Chico realizou pelo menos três obras que, definitivamente, revelam sua condição de perdido.

Em primeiro lugar, Chico Xavier creu e ensinou que, pela prática de boas obras, as pessoas se livrariam de reencarnações indesejadas e, seguindo assim, seriam finalmente salvas. Sem comentar por ora a falácia da reencarnação, é preciso destacar que, à luz das Escrituras, quem tenta chegar a Deus pela prática da caridade, como Chico fez, está condenado ao fogo eterno, uma vez que a salvação é unicamente pela fé em Cristo (Rm 3.28; Gl 2.16; 3.11; Ef 2.8-9).

Em segundo lugar, Chico realizou a abominável prática de consultar mortos, sendo ele próprio um médium. Nesse aspecto, a Bíblia não deixa dúvidas de que quem age assim é inimigo de Deus e está sob a sua ira. De fato, três passagens condenam diretamente essa conduta: Deuteronômio 18.9-13; 1Crônicas 10.13,14; e Isaías 8.19,20. Ora, conforme já dito, Chico foi considerado o maior médium do Brasil. Portanto, ao contrário do que pensam, aos olhos de Deus ele é um dos brasileiros mais condenáveis que já existiram (2Ts 1.8-9).

Finalmente, é possível classificar Chico Xavier como um homem perdido porque, ao ensinar a reencarnação, talvez a principal doutrina do espiritismo, ele negou a ressurreição de Cristo, transformando-a na mera aparição de um “espírito evoluído desencarnado”. Aqui é preciso destacar que, conforme se depreende de Romanos 10.9, ninguém que negue a ressurreição de Cristo pode ser salvo. Sendo certo que Chico jamais acolheu a fé em Jesus como Senhor ressurreto, é impossível incluí-lo entre os salvos que hoje desfrutam da presença de Deus no céu.

Há outras razões que servem para classificar Chico Xavier como um homem cuja alma hoje padece nas chamas do Hades. Pode-se dizer, por exemplo, que ele, na esteira da doutrina espírita, jamais aceitou o ensino acerca da morte substitutiva de Cristo (1Pe 2.24), o que o coloca longe das bênçãos da salvação. Para piorar, Chico estimulou milhões de vidas a trilharem o caminho de perdição que ele próprio traçou e trilhou, tornando-se, assim, réu do mais rigoroso juízo (Mt 23.13,15).

Portanto, por mais triste que seja, a dura verdade é que a alma de Chico Xavier, de acordo com a Bíblia, está hoje sofrendo o juízo de Deus. O autor de Hebreus afirmou que “ao homem está ordenado morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo” (Hb 9.27). Esse texto, tão desprezado pelos espíritas, talvez seja hoje relembrado pelo angustiado espírito de Chico que, bem distante dos lugares elevados, sofre nas chamas do inferno, anelando, ao lado do rico mencionado na parábola (Lc 16.19-31), por uma gota de água, sem qualquer esperança de alívio.

Que os cristãos de verdade alertem as pessoas sobre essas coisas, mostrando, com a Bíblia em punho, que quem crê como Chico, vive como Chico e ensina como Chico, conhecerá as chamas eternas assim como Chico, situadas no fim do enganoso e triste caminho palmilhado por Chico.

 

chico_xavier.jpg

 

Pr. Marcos Granconato
Soli Deo gloria - http://igrejaredencao.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=266:chico-xavier-foi-para-o-inferno&catid=17:pastoral&Itemid=114

21 comentários

Comentar post