Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

JESUS CRISTO _ NO ALVORECER DO SÉCULO XXI

Jesus, que posso eu dizer de Ti que já não tenha sido dito?

Que posso eu dizer além do que Tu próprio disseste?

Como posso eu encontrar palavras para tornar claro aquilo que é evidente nas Tuas próprias palavras?

Como fazer entender o que não se quer entender?

Como ver sem buscar nos Teus olhos a visão?

Como conhecer sem buscar nas Tuas palavras o conhecimento?

Como saber se não nos reconhecermos ignorantes, se não encararmos que precisamos ser ensinados?

Como aprenderão os que já sabem tudo, ou pensam que o sabem, sem saber que não o sabem?

Cada um encontra o que quer encontrar?

E nós que encontrámos o que não procurávamos, e encontrámos o que não queríamos encontrar?

Encontrámos porque sempre ali esteve, vimos porque vendo não negámos que víramos, porque ouvindo não dissemos que outros se enganaram e mentiram!

Cremos porque é absurdo deixar de crer.

Cremos porque não crer é dizer que a História mente, que a verdade não existe ou só existe a de não existir.

Cremos porque é impossível negar que a luz brilha.

Cremos porque a vida se nos tornou luminosa, porque é impossível querer voltar ás cavernas, ao silêncio, às algemas, à escuridão da noite da morte, do acaso, do absurdo, do nada, do sem sentido.

Cremos porque a inteligência a isso nos impele.

Cremos porque nos é impossível não crer.

 

No alvorecer do século XXI precisamos dar ouvidos ao único que na História derrotou a morte e nos assegura vida eterna, não em função dos nossos méritos mas única e exclusivamente com base na obra que consumou com a Sua própria morte e ressurreição.

Precisamos dar ouvidos Àquele que nos põe diante do nosso drama existencial e histórico.

Precisamos escutar Aquele que tendo-nos criado, acabou por assumir a nossa natureza para tornar possível a nossa recriação, depois de nos termos estragado, e de estarmos numa condição em que não podemos nos relacionar com Deus e, por nós mesmos, atingir os Seus desígnios.

Muito mais do que um pedagogo Ele é o único que pode pegar no nosso ser e adequá-lo ao projecto inicial de Deus, do qual todos como raça, desde Adão, caímos.

Hoje não somos como o Homem no início foi criado, não vivemos a vida para a qual fomos criados, não temos as condições que aquando da criação existiam e que para nós foram trazidas à existência.

A História é o esforço do Homem para sozinho construir o seu projecto alternativo excluindo Deus ou substituindo por outros deuses.

A vinda de Cristo é a consumação do plano de Deus para a salvação do Homem. Esse plano implicou a Sua morte e a Sua ressurreição, implica ainda num futuro que aguardamos com expectativa, a Sua segunda vinda, o trono branco e novos céus e nova terra em que habitará eternamente a justiça.

 

As ambições do homem moderno e pós-moderno, vão para a educação científica e tecnológica, a profissão, a família, as finanças, o comer e o beber, os divertimentos, e outras coisas similares.

Vivemos na sociedade ocidental e não só, numa corrida consumista.

Nem isto nem outra coisa qualquer trarão satisfação ao homem.

Hoje como ontem não gostamos de ouvir falar de pecado e que somos pecadores.

Por isso Ele não é muito popular e o Seu evangelho também.

Preferimos ouvir de direitos.

Pecamos porque somos pecadores, somos pecadores porque a nossa essência humana está afectada, degenerada, decaída; porque nos tornámos inimigos de Deus, porque somos hostis à Sua vontade, plano e propósito; porque não andamos como Ele quer.

 

 http://www.samuelpinheiro.com/

A seguir:

JESUS CRISTO _ HISTÓRIA E FÉ DE MÃOS DADAS