Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Diferença entre CRISTÃO e HIPÓCRITA _ Amor Pela Palavra de Deus

Amor Pela Palavra de Deus Jer 15:16

A atitude que alguém tem para com a Palavra de Deus, mostra se a sua confissão é verdadeira ou não.

Cristo, que conhece os corações (I Sam 116:7; Mat. 9:4; João 16:30), poderia declarar aos Fariseus que velavam apenas a aparência: "Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus." (Mat. 22:29).

Os Fariseus eram hipócritas e a atitude deles para com a Palavra de Deus revelava isso.

Para o hipócrita, a Bíblia é insuficiente.

Sonhos, sentimentos, visões e experiências são de tanta valia quanto as Escrituras dadas pela inspiração pelo Espírito Santo.

Os apóstolos (II Pedro 1:16-19) e os novos convertidos no Novo Testamento (Atos 2:42) ficaram atentos às Escrituras e não às experiências maravilhosas.

Para os Cristãos verdadeiros, a Palavra de Deus é suficiente.

 

Os falsos, os hipócritas, têm acções grandiosas (Mat. 7:22), crêem em Deus de maneira apenas intelectual (Tiago 2:19), praticam religião minuciosamente (Luc 11:42), mas não conhecem o amor íntimo pela Palavra de Deus que vem de uma devoção pelo autor das Escrituras.

Esse amor é visto somente pelos verdadeiros Cristãos (Rom. 7:22).

A Palavra de Deus é gozo e alegria para o coração do Cristão, pois é alimento espiritual (Jer 15:16).

Para o cristão, as Escrituras são leite racional (I Pedro 2:2), comida forte (Heb 5:12,14) e mais doces que o mel e o licor dos favos (Sal 19:10). Para o Cristão, as Escrituras Sagradas revelam Jesus Cristo, o pão (João 6:35) e a água da vida (João 4:10-14).

 

Enquanto a Palavra de Deus é lida e obedecida, a sua alma regozija como tendo alimentação deliciosa à vontade (João 10:9; Sal 23:2).

Às vezes, pelo engano do coração ou pela opressão que vem com a obra de Deus, o homem de Deus pode ousar deixar de crer e de falar da Palavra de Deus.

Mas isso por um pouco de tempo. Logo a Palavra de Deus, que é poderosa e é vida, não permite que seja esquecida ou escondida (Jer 20:9; Heb 4:12).

A Palavra de Deus, para o cristão, é um espelho valioso (Tiago 1:23-25), uma luz necessária para o caminho (Sal 119:105), são suas meditações de dia e de noite (Sal 1:2) e o único meio de ter comunhão com Deus (Sal 119:9). A Bíblia é a ajuda necessária para não se pecar (Sal 119:11); mais preciosa do que qualquer quantia de dinheiro (Sal 119:72) e é a sua sabedoria (Sal 119:98,99). Para o Cristão, os seus mandamentos nunca são pesados (I João 5:3), mas suficientes para o sucesso verdadeiro da sua vida (Josué 1:8; I Tim 4:15) e qualquer obra de Deus que faz (I Cor 2:1-5).

 

Como é a Palavra de Deus na sua vida?

Ela é a palavra final para sabedoria, justiça, obediência, amor e adoração?

Ou, ela é tida somente como um livro entre muitos que contém idéias boas, histórias animadoras como qualquer literatura de alto padrão?

A Palavra de Deus é a sua meditação?

O teu próximo está lendo a sua vida como se fosse um livro.

O que ele está lendo da sua vida pela sua atitude da Palavra de Deus?