Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Diferença entre CRISTÃO e HIPÓCRITA _ Reconhecimento Contínuo de Pecado

Reconhecimento Contínuo de Pecado Esdras 9:6

É marcante, na Bíblia, os casos dos que se encontraram particularmente com o Senhor Deus.

Estes, que já se encontraram com o Deus verdadeiro, não se sentem orgulhosos de estar na presença de Deus, mas lamentam a presença dos seus pecados. Jó - Jó 40:3-5; 42:5,6 Isaías - Isa 6:1-5 Jeremias - Jer 1:4-10 Daniel - Daniel 10:7-11 Paulo - Atos 9:3-8

Os que vivem na luz reconhecem "a chaga do seu coração" (I Reis 8:38) e sentem picadas nos rins e desfalecem os seus corações e ânimos (Sal 73:21-28).

Quanto mais o santo crê na fé mais terrivelmente o pecado é conhecido.

Mesmo depois de anos de vida espiritual, nota-se que o Paulo usava o verbo no presente quando falava da sua condição pecaminosa (Rom 7:18-24, "Miserável homem que eu sou!"; I Tim 1:15, "dos quais eu sou o principal").

Os Cristãos, os que são possuidores da fé verdadeira, por reconhecerem os seus próprios pecados, tampouco recebem a glória dos homens, pois sabem o que está no homem (Atos 14:8-18, "Nos também somos homens como vós, sujeitos às mesmas paixões").

Não resta dúvida que o caminho do justo é como a aurora que vai brilhando cada vez mais nas suas glórias (Próv. 4:18), mas, quanto mais gloriosa é realizada a posição em Cristo, mais é vista a impiedade do pecado (Sal 36:9; 90:8).

 

Os hipócritas que somente professam conhecer a Deus, mas não possuem a luz da Sua santidade, são bem diferentes.

Eles pensam que sua a luta contra o pecado já acabou e estão prontos a gabarem-se dos seus grandiosos feitos de espiritualidade na força da carne (Luc 18:12).

Quanto mais atividades fazem, mais se acham com direito de replicar a sua própria justiça (Mat. 7:22).

Os hipócritas tampouco desprezam a glória do homem (Mat. 23:5).

É natural que os professores fraudulentos tenham uma aparência de piedade, mas o poder de Deus nas suas vidas, que leva ao reconhecimento crescente do pecado, está longe das suas experiências (II Tim 3:5-9).

 

Como é o pecado na sua vida?

Ele causa uma luta contínua ou é uma experiência delegada ao passado?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.