Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Seja verdadeiro!

   «... sois semelhantes aos sepulcros caiados...» (Mateus 23: 27)

 

   Marybeth Whalen escreve: «Os pintores pintaram a parede principal do andar de baixo. Uma semana depois descobri que enquanto a parede estava a ser repintada, os hábitos não tinham mudado. Os miúdos continuavam a passar as mãos sujas pela parede, transformando o que estava branco e limpo, em cinzento e sujo. Como aconteceu com aquela parede, se eu não tiver cuidado posso tapar o que existe, usar a T'shirt cristã, andar sempre com a minha Bíblia, sorrir como se tudo estivesse óptimo, e falar sobre a minha caminhada com Deus, mas bem lá no fundo, os velhos e feios hábitos estão à espera para se revelarem no momento em que a vida se complicar. Então, posso tornar-me no fariseu dos nossos tempos que apenas se importa com a pintura branca e ignora toda a sujidade que está por baixo.»

 

No tempo da Bíblia, os túmulos eram caiados por fora para disfarçar a morte e a decadência que havia por dentro. Jesus disse aos fariseus:«...exteriormente pareceis justos aos homens, mas, interiormente, estais cheios de hipocrisia e de iniquidade.»

Ao agirmos como um fariseu, dizendo: «... Ó Deus, graças te dou, porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos, e adúlteros...» (Lucas 18: 11), afastamos a graça, a misericórdia e a compaixão. Vivemos numa sociedade movida pelas aparências, e Jesus percebeu o perigo que vem de nos focarmos na aparência em vez de nos focarmos na nossa situação espiritual. Então, como impedir que isto aconteça?

  

a) Siga o exemplo de Jesus. Ele especializou-se em ajudar os que estão com um coração quebrantado, os que foram esquecidos, os que estão perdidos e os que estão sós.

  

b) Nunca se esqueça de que, enquanto cristão, enfrentará lutas em algumas áreas.

  

c) Peça a Deus que lhe revele os comportamentos que estão a ser orientados pela aparência e não pelo coração.

  

d) Faça-se rodear de pessoas transparentes que o levantem quando cair e o encoragem a ser autêntico.

 

Glória a Deus pela sua imensa graça, pela qual nos salvou e nos chamou para vivermos em novidade de vida!