Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Espiritismo NÃO é cristianismo

Porque é que os cristãos nascidos de novo, lavados e remidos pelo sangue do Cordeiro afirmam categóricamente que o espiritismo não tem qualquer réstea de cristianismo?

Porque:

Nenhum grupo religioso pode ser considerado cristão se realmente não seguir a Cristo;

se não O tiver como Senhor e Salvador (Lc 2.11; Jo 4.42; Jo 20.28);

se não guardar Seus mandamentos (Jo 14.15);

se não permanecer nEle e em Suas palavras (Jo 8.31);

se seus adeptos não forem realmente discípulos de Jesus (At 11.26);

se não crêr nEle, na Sua morte e ressurreição corporal (Mc 14.28; Jo 3.18);

se não baptizar seus seguidores em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo (Mt 28.19);

se não cumprir a ordenança da ceia – pão e vinho – em Sua memória (Mt 26.26-28);

se não crêr nas Escrituras e em todas as palavras do Senhor Jesus (Mt 22.29; Jo 2.22; At 17.11);

se não crêr que Cristo é o Verbo encarnado, o Deus que se fez homem e habitou entre nós (Jo 1.1, 14);

se não aceitar que Ele é o Criador de todas as coisas (Jo 1.3, 10);

se não crêr na Sua eternidade (Jo 1.18; 6.57; 8.19; 10.30, 38; 14.7, 9, 10, 20).

 

Um grupo não pode ser chamado de cristão se não acreditar na divindade de Cristo (Ap 1.8);

se não acreditar na Sua segunda vinda, na ressurreição dos mortos e no Juízo Final (Jo 6.40, 47, 54; 10.28. 1 Ts 4.16-17; Ap 19.20. 20.5, 11-15).


O facto de um grupo religioso afirmar fazer o bem, dar esmolas e distribuir alimentos não o caracteriza como genuinamente cristão.
Nossas boas obras não nos salvam (Ef 2.8-9).
Jesus disse que quem O ama guarda todos os seus mandamentos. Ele não falou em “parte” dos mandamentos.
Quem ama verdadeiramente o Senhor Jesus e O tem como Senhor e Salvador é nEle que confia e busca o Seu auxílio para aliviar suas dores:
“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei”  Mateus 11.28.
            
Ouçam: “VINDE A MIM”. A Ele.
Jesus não sugere a possibilidade de os oprimidos irem a outras pessoas, encarnadas, desencarnadas, mortas ou vivas.
QUEM É DE JESUS OUVE A SUA VOZ:
Para que um grupo religioso seja chamado de cristão precisa ensinar o perdão incondicional dos pecados àqueles que se arrependem (Mt 6.12; 9.6; 12.31; At 2.38); ensinar e crêr que na morte o espírito se separa do corpo e segue imediatamente para o mundo espiritual;
ensinar que os cristãos seguirão para um lugar de paz; os que não são de Cristo, para um lugar de tormentos (Lc 16.19-31).
Ao ladrão que se arrependeu, disse Jesus: “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso” (Lc 23.43). O referido ladrão não passou por nenhuma estação intermediária; não houve qualquer interrupção na sua subida ao céu; não houve empecilhos, traumas, penitências, trabalho extra, caminhos difíceis. O ladrão foi directo para o Paraíso. Jesus afirmou:
“Quem crê nele (em Jesus) não é condenado; quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus” (Jo 3.18).
Qualquer grupo que queira seguir a Cristo deve seguir essas premissas na sua totalidade.
Do contrário, é apenas uma caricatura do Cristianismo.
 
Autor: Pr Airton Evangelista da Costa

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Helena 24.05.2011

    Sr. João:
    Neste blog não se julgam pessoas, mas sim uma doutrina que se afirma cristã e usa textos bíblicos deturpados e returados do contexto.
    Os irmãos católicos que conhecem a Palavra de Deus sabem que ninguém é salvo pelas obras ou por desejar o bem, mas sim por Cristo, pela graça de Deus!
    E, o único meio pelo qual chegamos a Deus é por Cristo.
    Não somos salvos pelas boas obras, mas sim para as boas obras.
    Está escrito:
    Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie.
    Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas.
    Efésios 2: 8-10
    Deus o abençoe e o capacite a entender as Escrituras!

  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.