Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Espiritismo NÃO é cristianismo

Porque é que os cristãos nascidos de novo, lavados e remidos pelo sangue do Cordeiro afirmam categóricamente que o espiritismo não tem qualquer réstea de cristianismo?

Porque:

Nenhum grupo religioso pode ser considerado cristão se realmente não seguir a Cristo;

se não O tiver como Senhor e Salvador (Lc 2.11; Jo 4.42; Jo 20.28);

se não guardar Seus mandamentos (Jo 14.15);

se não permanecer nEle e em Suas palavras (Jo 8.31);

se seus adeptos não forem realmente discípulos de Jesus (At 11.26);

se não crêr nEle, na Sua morte e ressurreição corporal (Mc 14.28; Jo 3.18);

se não baptizar seus seguidores em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo (Mt 28.19);

se não cumprir a ordenança da ceia – pão e vinho – em Sua memória (Mt 26.26-28);

se não crêr nas Escrituras e em todas as palavras do Senhor Jesus (Mt 22.29; Jo 2.22; At 17.11);

se não crêr que Cristo é o Verbo encarnado, o Deus que se fez homem e habitou entre nós (Jo 1.1, 14);

se não aceitar que Ele é o Criador de todas as coisas (Jo 1.3, 10);

se não crêr na Sua eternidade (Jo 1.18; 6.57; 8.19; 10.30, 38; 14.7, 9, 10, 20).

 

Um grupo não pode ser chamado de cristão se não acreditar na divindade de Cristo (Ap 1.8);

se não acreditar na Sua segunda vinda, na ressurreição dos mortos e no Juízo Final (Jo 6.40, 47, 54; 10.28. 1 Ts 4.16-17; Ap 19.20. 20.5, 11-15).


O facto de um grupo religioso afirmar fazer o bem, dar esmolas e distribuir alimentos não o caracteriza como genuinamente cristão.
Nossas boas obras não nos salvam (Ef 2.8-9).
Jesus disse que quem O ama guarda todos os seus mandamentos. Ele não falou em “parte” dos mandamentos.
Quem ama verdadeiramente o Senhor Jesus e O tem como Senhor e Salvador é nEle que confia e busca o Seu auxílio para aliviar suas dores:
“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei”  Mateus 11.28.
            
Ouçam: “VINDE A MIM”. A Ele.
Jesus não sugere a possibilidade de os oprimidos irem a outras pessoas, encarnadas, desencarnadas, mortas ou vivas.
QUEM É DE JESUS OUVE A SUA VOZ:
Para que um grupo religioso seja chamado de cristão precisa ensinar o perdão incondicional dos pecados àqueles que se arrependem (Mt 6.12; 9.6; 12.31; At 2.38); ensinar e crêr que na morte o espírito se separa do corpo e segue imediatamente para o mundo espiritual;
ensinar que os cristãos seguirão para um lugar de paz; os que não são de Cristo, para um lugar de tormentos (Lc 16.19-31).
Ao ladrão que se arrependeu, disse Jesus: “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso” (Lc 23.43). O referido ladrão não passou por nenhuma estação intermediária; não houve qualquer interrupção na sua subida ao céu; não houve empecilhos, traumas, penitências, trabalho extra, caminhos difíceis. O ladrão foi directo para o Paraíso. Jesus afirmou:
“Quem crê nele (em Jesus) não é condenado; quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus” (Jo 3.18).
Qualquer grupo que queira seguir a Cristo deve seguir essas premissas na sua totalidade.
Do contrário, é apenas uma caricatura do Cristianismo.
 
Autor: Pr Airton Evangelista da Costa

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Helena 24.05.2011

    Sr. João:
    Neste blog não se julgam pessoas, mas sim uma doutrina que se afirma cristã e usa textos bíblicos deturpados e returados do contexto.
    Os irmãos católicos que conhecem a Palavra de Deus sabem que ninguém é salvo pelas obras ou por desejar o bem, mas sim por Cristo, pela graça de Deus!
    E, o único meio pelo qual chegamos a Deus é por Cristo.
    Não somos salvos pelas boas obras, mas sim para as boas obras.
    Está escrito:
    Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie.
    Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas.
    Efésios 2: 8-10
    Deus o abençoe e o capacite a entender as Escrituras!

  • Sem imagem de perfil

    clara 05.06.2011

    Oi Maria Helena
    Eu fiquei confusa aí nesta questão da obra...
    O que é obra para você?
    Eu entendo obras como ...Atitudes.( benevolência, tolerância, caridade, solidariedade, paciência... = AMOR)
    Dizer que tenho fé e não agir na fé, isso me salva?
    Dizer do fundo do coração que amo meu próximo sem interceder por ele quando ele necessita de mim, isso me salva?
    Nossa fé não se firma nas nossas atitudes? Jesus Cristo não nos ensinou através de suas obras? caridade, amor incondicional, o não julgar ( pessoas, fé, e até tendências,e religião) Se ele não julgou a prostituta não julgou também suas atitudes e muito menos julgou os politeístas, que não deixava de ser uma crença.
    Maria Helena, aproveite esse espaço maravilho que criou e não entre na vibração ruim das pessoas que te insultam. Lembre-se de oferecer a outra face.Se você está certa no seu caminho, divulgue os ensinamentos de Jesus sem se preocupar com a religião dos outros. Dessa forma você atingirá, e sem mudar sua fé ou opinião, um maior número de visitantes e conseqüentemente levará a Palavra de Deus a um maior número de pessoas. Você tem muita leitura e portanto pode colaborar nesta questão. Isso é o que Deus espera de nós, na minha opinião.
    O que vejo aqui no seu blog são provocações, bate bocas e pior, em nome de Jesus. E não só dos que não concordam com você. Sei que não é com ofensas aqui começaram a surgir, a que você quis divulgar a palavra de Deus. E mesmo em meio aos tiroteios eu aprendi muito aqui e poderia aprender muito mais se todos se limitassem a discutir, refletir sobre a palavra de Deus, independente de suas religiões. Nós temos sede da palavra de Deus e não de julgamentos dessa ou daquela "seita". Fazer isso não é nada cristão. Não é o que está acontecendo aqui que Jesus no ensinou. Veja, há tanto insultos, preconceitos, intolerâncias de ambas as partes, eu diria.
    Elevar nossas atitudes, mesmo que verbal, elevaremos também a nossa alma...
    Eu me proponho a falar de Deus, de Jesus das passagens bíblicas que tanto tenho encontrado aqui.
    Poderíamos discutir, tirar dúvidas sobre algumas passagens. são tantas que não compreendo bem. E eu quero voltar aqui porque vejo que aqui existe uma fonte de conhecimento que muito pode me ajudar.
    É uma sugestão....
    Que Deus abençõe todos que deste blog participaram, independente do credo, raça, localização geográfica... Desejo o amor de Deus se manifestando no coração de cada um que aqui deixou sua contribuição. Que cada um possa refletir sobre suas obras nessas blog, inclusive eu pelo meu atrevimento)
    Até mais
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.