Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

O Propósito da Cruz

11412282_774022789383633_1075858372870515312_n.jpg

 

"Também vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis. Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão.
Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras,
E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras. E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze.
Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também.
Depois foi visto por Tiago, depois por todos os apóstolos. [...]  Então, ou seja eu ou sejam eles, assim pregamos e assim haveis crido. Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé." 1 Coríntios 15:1-7,10-14

Descontradizendo "Contradições" _ 2

ÊXODO 12:29 - Se Deus é amor, como é que Ele pôde matar os primogénitos de todos os egípcios?

 

PROBLEMA: Êxodo 12:29-30 descreve aquela terrível noite quando Deus feriu, na terra do Egipto, "desde o primogénito de Faraó, que se assentava no seu trono, até o primogénito do cativo que estava na enxovia; e todos os primogénitos dos animais". Esse juízo miraculoso foi levado ao Egipto porque Faraó se recusara a deixar o povo ir. Entretanto, o povo do Egipto não tinha controle sobre os actos de Faraó. Como um Deus de amor poderia então ferir os primogénitos dos egípcios, que não eram responsáveis pelas decisões de Faraó?

 

SOLUÇÃO: Primeiro, não é certo presumir que, pelo facto de o povo egípcio não ter tido controle sobre as decisões de Faraó, eles eram completamente inocentes. Cada pessoa egípcia teve, de certo, a oportunidade de, por toda a dura prova dada por Deus sobre o Egipto, fugir para Moisés e os hebreus atrás de protecção daqueles juízos. De facto, Êxodo 12:38 afirma que "subiu também com eles [os filhos de Israel] um misto de gente". Sem dúvida, muitos egípcios juntaram-se aos hebreus em decorrência dos juízos de Deus. O facto de que a maioria não quis voltar-se ao Deus vivo, mesmo depois daquelas nove pragas anteriores, indica que eles não eram apenas observadores inocentes.

 

Segundo, simplesmente porque o povo egípcio não mudou o pensamento de Faraó, não quer dizer que esse povo não poderia tê-lo feito. Embora o poder do povo seja severamente limitado num regime ditatorial, como o do Egipto, pode-se admitir que o povo poderia ter se revoltado, ou para forçar Faraó a mudar de ideia, ou para o destituir. De facto, Êxodo 12:33 afirma: "Os egípcios apertavam com o povo, apressando-se em lança-los fora da terra". Até esse ponto, o povo egípcio aparentemente não fez esforço algum para apressar a saída dos hebreus daquela terra. Os egípcios obviamente estavam contentes em deixar essas questões nas mãos do seu rei. Por agirem assim, eles não eram inocentes das decisões que foram tomadas pelo seu rei. O juízo de Deus não se dirigiu somente a Faraó ou aos chefes de estado da terra, mas ao Egipto como um todo, já que eles eram igualmente responsáveis pela opressão e escravidão imposta ao povo de Deus.

 

MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia

Norman Geisler - Thomas Howe

 

top.jpg

 

 

Descontradizendo "Contradições" - 1

ÊXODO 9:19-21 - Se todo o gado morrera, como então houve sobreviventes?

 

PROBLEMA: Êxodo 9:6 afirma que "todo o rebanho dos egípcios morreu" na quinta praga. Contudo, em alguns versículos depois é dada uma instrução para que eles recolhessem o seu gado e tudo o que tinham no campo (v. 19). Mas se todo o rebanho morrera, como é que houve sobreviventes?

 

SOLUÇÃO: Em primeiro lugar, o termo "todo" com freqüência é usado com o sentido de "a maior parte". Ademais, a praga aparentemente foi limitada ao gado "no campo" (v. 3). Os animais nos currais não teriam sido atingidos. Finalmente, a palavra "gado" geralmente não se refere a cavalos, jumentos e camelos, que devem ter sido parte do "rebanho" que foi poupado. Em vista desses fatores, não há contradição entre as passagens. Nem mesmo se pode presumir, tendo-se uma postura racional, que o mesmo autor, dentro do mesmo capítulo, tendo dado uma descrição tão impressionante do que aconteceu, fosse contradizer-se.

 

MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia

Norman Geisler - Thomas Howe

 

 

top.jpg

 

 

Pág. 2/2