Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Comunicação com os mortos – Mediunidade

Comunicação com os mortos – Mediunidade


    Os espíritas crêem que os espíritos dos falecidos se comunicam com os vivos aqui na terra, e declaram: –“Todo o homem é um médium e está cercado no seu dia a dia por uma população invisível que, sem que ele saiba ou queira, com ele se relaciona.”

(O que é O Espiritismo, pág.39, de Maria Laura Viveiro de Castro).

   Distorcem a Bíblia, por conveniência, para contradizer os verdadeiros ensinamentos cristãos. Na verdade, o que acontece nas sessões espíritas é a manifestação de demónios personificando os mortos. Um médium é um mediador, e este, quando entra em transe (trata-se de uma condição inconsciente ou insensível; um estado em que a consciência e as sensações corpóreas ficam suspensas por algum tempo),  declara o que ouve e vê nessa condição, e o espírito que está no “controle” fá-lo escrever (psicografar). No fim do transe, o médium sente-se fisicamente esgotado.

    Assim diz a Palavra do Senhor:

   “Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te deu, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos. Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador, nem quem consulte um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz estas coisas é abominável ao Senhor, e é por causa destas abominações que o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti.” (Deuteronômio 18:9-12).

Não somente os citados acima eram repudiados por Deus, mas todos os que se envolviam com eles. Também não se ora pelos mortos.  Ver II Samuel 12:22,23.

    Obs.: A proibição divina de consultar os mortos mostra-nos que já naquela época existia o "espiritismo" (comunicação com os espíritos dos mortos), o que não significa que haja comunicação real com eles, pois o que acontecia era apenas uma tentativa de comunicação, o que Deus abomina. Ver Isaías 8:19-20 e Efésios 6:10-12.

    A proibição Divina, não é porque existe tal comunicação, mas porque, por trás dessa comunicação estão os demónios liderados por Satanás.

“...uma jovem, que tinha espírito de adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores. Esta, seguindo Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens, que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo. E isto fez por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E na mesma hora saiu.” (Atos 16:16-18).


4 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Helena 12.07.2010

    Sr. Lúcio:
    Posso assegurar-lhe que a Bíblia Sagrada divinamente revelada pelo Espírito Santo ao meu coração, transformou completamente a minha vida e a de milhões de Cristãos por esse mundo fora.
    Isso é a minha experiência e a minha fé.
    Darwin, cientificamente nunca passou de "UMA TEORIA"!
    Mas... antes de continuar a conversar consigo sobre este assunto, aconselho-o a fazer uma consulta a sério antes de afirmar autênticas barbaridades...
    O espiritismo em França é inexistente, apesar de ser o País onde se originou. É também praticamente inexistente nos Países mais desenvolvidos!O espiritismo só se desenvolveu em paises sub desenvolvidos como o Brasil, e têm aparecido alguns em Portugal, que em matéria de desenvolvemento também não é exemplo para ninguém...
    Depois de rectificar essa idéia errada, pode vir comentar com maior conhecimento!

    Deus o abençoe!
  • Sem imagem de perfil

    Lucio 13.07.2010

    Senhora Maria Helena,

    Minhas desculpas se utilizei palavras de forma impensada. Agradeço o elogio de que meu país é subdesenvolvido. Realmente, não é fácil desenvolver uma terra tão vasta como a nossa. Talvez tenha sido por causa dos nossos colonizadores.
    Preocupo-me com a questão da religião. Se o Espiritismo não é sobrenatural, a religião também não o é. Adentrei essa página, porque acho muito curioso que as pessoas se esforçem para derrotar idéias como às professadas pelo Espiritismo para que se dê lugar a cultos ainda tão menos real que o primeiro.

    A Bíblia fala de muitas coisas estranhas, com um linguajar que deva ser sempre interpretado por algum padre ou pastor. Se impor as mãos nas mesas girantes do Espiritismo é irreal, porque seria mais real achar que algo extraordinário acontecerá se levantarmos as mãos para o alto? Não é uma simbologia? As mãos poderiam ficar para baixo, “abençoando” as pessoas que vivem no outro lado do planeta. Por que deveria eu acreditar menos nos pretos-velhos das religiões espíritas africanas, quando tomam aguardente (cachaça), e mais nos padres por beberem vinho? É simbologia? Se retirarmos as simbologias Espíritas e Cristãs, o que resta?
    Quanto a Charles Dawin, eu não trocaria a teoria desse cientista por outra. Tu já paraste para pensar que a TEORIA de Charles Darwin coloca mais união entre os homens e os animais? Depois que me converti ao Darwinismo, tornei-me muito mais benevolente para com os animais e mais consciente no supermercado. Entretanto, os Europeus, civilizados, são os compradores de marfim africano, de animais da amazônia brasileira e esses animais só são vendidos porque os europeus compram. Infelizmente, os franceses ainda continuam a criar as suas aves para fabricarem o “paté de cana”, os japoneses consomem as baleias e os golfinhos, os coreanos e chineses comem os cães, os portugueses o bacalhau, e o Brasil consome uma quantidade impressionante de carne bovina.
    Aparentemente, isso não é uma questão religiosa, mas é. Qual o respeito que as religiões têm pelos animais? Por que elegemos os mais dóceis para serem domesticados e os selvagens para serem abominados, trucidados e consumidos, às vezes vivos? Tanto isso é verdade que se usa a SERPENTE como imagem da perdição e do LOBO como a imagem do animal que destrói o REBANHO de OVELHAS. Entretanto, o Darwinismo nos mostra que somos ligados aos animais pelos elos mais inimagináveis. Dessa forma, eu não me preocupo com Espiritismo, sobre um mundo que não existe nem com um paraíso. Tanto o Espiritismo quanto o Cristianismo se preocupam com a morte. Nós, se quisermos perpetuar a vida do planeta, devemos nos preocupar com a vida. Eu não penso em religião, eu penso de forma ecológica. Dizem que Deus é amor. E nós, será que verdadeiramente amamos a vida e a natureza? Eis a questão. Presicamos aprender a amar o que temos e o que temos de palvável é o nosso mundo.
    Eu concluo as minhas idéias com uma promessa: se algum de vocês me mostrar que alguma pessoa que teve o braço amputado tenha recebido um braço novamente, por um “milagre” de Deus, eu me converto.
  • Imagem de perfil

    Miguel Sousa 14.07.2010

    Meu caro Lúcio,
    Este seu final provocou-me uma valente risada, eheheheh. O Sr. tem noção do que disse?! Não creio…., mas vamos por partes.
    É triste culpabilizar os outros pelas irresponsabilidades, pela falta de apetite em arregaçar as mangas e colocar as mãos ao trabalho em prol do seu país. Tenha dó meu chapa e pegue numa enxada e cultive a terra. Contribua para o desenvolvimento do seu pais em vez de debitar postas de pescada pela boca fora.
    É errado culpar Deus pelos momentos menos bons pelos quais passamos, pelas guerras existentes, em suma, é errado culpar Deus por todo o sofrimento no mundo. Deus odeia a perversidade e o sofrimento (Isaías 55:8, 9).
    Meu chapa, caso não saiba, o verdadeiro governante deste mundo é Satanás, o Diabo. A Palavra de Deus diz claramente “…o mundo inteiro jaz no maligno.” (1 João 5:19). Satanás é odioso, enganador e cruel, por conseguinte, o mundo sob a sua influência, está cheio de ódio, engano e crueldade. Esta é uma das razões de existir tanto sofrimento.
    Se tivesse um conhecimento mínimo da Palavra de Deus, saberia que a humanidade é imperfeita e pecadora desde a “rebelião” no jardim do Éden. Os humanos pecaminosos tendem a lutar por domínio, e isso resulta em guerras, opressão e sofrimento (Eclesiastes 4:1; 8:9). Uma outra razão do sofrimento é “…que o tempo e a sorte ocorrem a todos” (Eclesiastes 9:11). Num mundo sem Deus como governante protector, as pessoas talvez sofram por estarem por acaso no lugar errado na hora errada.
    Lúcio, é consolador saber que Deus não causa o sofrimento. Ele não é responsável pelas guerras, pelos crimes, pela opressão, nem mesmo pelos desastres naturais que fazem as pessoas sofrer.
    Deixo-lhe aqui um versículo para que possa meditar e talvez compreender porque é que Deus permite o sofrimento: “Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor” (1 João 4:8).
    Para concluir este meu comentário, que já vai longo, deixo-lhe aqui uma questão/desafio: será o Homem capaz de construir uma máquina com as mesmas características do ser humano? Cérebro mutável, sistema nervoso, capacidade imediata de reagir a quaisquer interacções do meio exterior….
    Lúcio, essa sua promessa não tem pés nem cabeça.
    Jesus disse “Em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele passará. Nada vos será impossível.”
    Fique bem
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.