Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

COMO INTERPRETAR A BÍBLIA (parte 3)

A Bíblia é um livro Espiritual que deve ser interpretado através da iluminação do Espírito Santo, mas ao mesmo tempo a Bíblia é um livro, e a única correta interpretação é aquela que concorda com sua gramática – o que está escrito. Por esta razão é importante que nós estejamos familiarizados com as regras ou princípios da interpretação. A ciência da Hermenêutica é o estudo desses princípios.

Hermenêutica é um assunto sério. A nossa interpretação da Bíblia irá determinar nossas crenças e essas crenças determinarão como pensamos e agimos.

A seguir, estão 13 princípios que nós devemos seguir quando interpretamos a Bíblia:

 

10 O Velho Testamento deve ser interpretado à luz do Novo.

Para o Cristão, o Novo Testamento determina a aplicação do Velho Testamento em sua vida. Um bom exemplo é a doutrina do Espírito Santo. No Velho Testamento, Ele poderia ser retirado dos crentes (Sl. 51:11), mas no Novo, ele permanece eternamente com ele (João 14:16-17).

11. A interpretação não deve ir além da revelação das Escrituras.

O que a Bíblia não explica nós devemos aceitar como um mistério. Se formos além “do que está escrito” corremos perigo de formar falsa doutrina.

12. O Objectivo é a exegese.

A palavra exegese vem do verbo Grego exegeisthai [ ex=fora/ hegeisthai=conduzir ou guiar ]. Quando interpretamos as Escrituras devemos extrair o verdadeiro sentido do texto e a todo custo devemos evitar ler textos a qual eu acho que ele pode significar. Devemos evitar interpretar a Bíblia de acordo com nossas próprias presunções ou ideias preconcebidas. Nossas presunções são como óculos coloridos que distorcem nossa visão das Escrituras. Devemos nos esforçar para retirar nossos óculos e ver o texto como ele é. Esse é o maior trabalho do estudante da Bíblia.

13. Nossa interpretação pessoal deve ser comparada com a da Igreja.

Nos últimos 2000 anos, teólogos dedicados, pastores e outros Cristãos estudaram as Escrituras. Devemos comparar nossas descobertas com a deles. Se nossa interpretação não é encontrada entre os dedicados Cristãos da história, possivelmente estamos errados. Não deveria haver “novas descobertas” na doutrina Cristã. Judas refere à fé Cristã com aquele que foi “de uma vez por todas” entregue aos santos (Judas 1:3). [1]

 

Por: Paul Washer © HeartCry Missionary Society | hcmissions.com

Tradução: voltemosaoevangelho.com

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este  material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e  o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins  comerciais.

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Helena 20.06.2011

    Jacob... tem mais três posts sobre este tema...
    O texto fala em: Teólogos dedicados, Pastores e outros cristãos, será que não entendeu?
    Qual é o seu mentor? Kardec? Porque aceitar doutrinas reencarnacionistas sem contestá-las ou colocá-las á prova? Porque dar credibilidade a doutrinas que mencionam a Bíblia, mas a descredibilizam quando mostra a falácia e a mentira de tais ensinos? Lógica, coerência?
    Conhece Paul Washer? Os Cifrões que colocou revelam que não o conhece e ainda por cima julga-o sem qualquer fundamento. O que dá preguiça comentar são os seus comentários desprovidos de seriedade, verdade e conteúdo.
    Fique bem!
  • Sem imagem de perfil

    jacob 20.06.2011

    Eu entendi, que não entendeu foi você! Se é pra interpretar e adotar apenas se for pra chegar às mesmas conclusões que os estudiosos, é esforço inutil como tentar reinventara roda, daí está a preguiça de comentar mais sobre isto...

    "Qual é o seu mentor? Kardec? Porque aceitar doutrinas reencarnacionistas sem contestá-las ou colocá-las á prova?"
    É mania de perseguição ou o que? Porque acha que sigo Kardec ou doutrina reencarnacionista? Você acha que qualquer pessoa que discorde de você é seguidor de Kardec? Por acaso você acha que todo o cristão deve concordar com o que você coloca em seu blog? Já pensou que dentro da sua propria igreja, entre seus lideres, ou mesmo em denominações protestantes que não a sua, pode haver uma enxurrada de gente que discorda de você? E ai, você pergunta a eles o que eles se são seguidores de Kardec por causa da discordância é?
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.