Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Quem é Satanás?

A chamada lei de causa e efeito que equivale ao espírito da idéia tradicional hindu da lei do “karma”, isto é: aquilo que o indivíduo faz, ele paga;  se não pagar neste mundo, paga depois, noutras reencarnações. Eles crêem que o número das suas reencarnações serão determinadas pelo bem ou mal que tenham feito, ou seja, serão determinadas no sentido de que este indivíduo viva melhor ou pior nas futuras reencarnações. Se isto fosse verdade, ficaria desfeito o sacrifício do Messias, Jesus Cristo, na cruz. (ver João 3:15-17).

    O espiritismo é a negação da doutrina cristã, como está exarada na Bíblia. Crer no espiritismo significa deixar de acreditar no evangelho de Jesus Cristo.

   O principal compilador espirita escreveu um tratado inteiro na tentativa de provar que Jesus não é Deus (Obras Póstumas, 2ªed., de Kardec). Se aceitarmos que ao homem aqui, vivendo ímpia e perversamente, se abre uma porta de escape após a morte, a verdade torna-se uma mentira e o sacrifício de Cristo na cruz do Calvário torna-se a coisa mais absurda sobre a qual já se teve notícia. 

    O Jornal “Reformador Órgão Oficial da Federação Espírita Brasileira” declarou:

“Já consideramos de valor secundário ou revogado mais de 90% do texto da Bíblia. A nossa base e o ensino é dos espíritos, daí o nome espiritismo”. (espíritos esses, que são demónios disfarçados de familiares que já faleceram)

   Kardec teve o cinismo de dizer: “O cristianismo e o espiritismo ensinam a mesma coisa”.    

  

Mas não. Não é. Cristianismo é Cristo ressurreto e Todo poderoso, Ele é a Palavra Viva e Revelada (João 5:39-40). Enquanto que o espiritismo é paganismo puro, é ensino de espíritos malígnos – 2 Coríntios 11:13-14; Efésios 6:12; Deuteronómio 18:10-12. Portanto, cristianismo e espiritismo são totalmente antagónicos.    

Quem é de facto cristão não tem como ser espírita (Atos 11:26), muito embora estes se vistam com pele de cordeiro (Mateus 7:15-16), não passam de lobos.

   Há milhares de pessoas que ingressaram no espiritismo certas de que o mesmo era cristão, enquanto outras não crêem que a Bíblia é a Palavra de Deus, escrita por homens inspirados por Deus, e preferem acreditar numa revelação de um espírito que falou a Alan Kardec uma pseudo-verdade que nada mais é do que o antónimo da verdade cristã, algo realmente diabólico. Portanto, a melhor forma de definir o espiritismo é chamá-lo de profundezas do anticristo (Ver Apocalipse 2:24). A existência de Satanás é ensinada em sete livros do Antigo Testamento. O próprio Jesus ensinou a respeito dele (Ver Mateus 13:39; Lucas 10:18 e 11:18). Contudo, Satanás não é uma criatura omnisciente nem infinito. Todos os que crêem verdadeiramente em Cristo poderão resistir-lhe (Tiago 4:7), pois Deus impôs-lhe limites (Jó 1:12).

Vejamos também a punição de Satanás (Ezequiel 28:16-19) e o fim que o aguarda (Apocalipse 20:2,10).

Assim, devemos Ter sempre em mente os factos que mostram que Lúcifer (Satanás):

 

Arrebata a Palavra de Deus dos corações" (Lucas 8:12)

 

Cegou o entendimento dos homens para não compreenderem a verdade. (2 Coríntios 4:4, Isaías 6:10, João 12:40, Mateus 13:11,14)

Usa homens para se opor à obra de Deus (Apocalipse 2:13-16)

  É o pai da mentira (João 8:44)

Tem filhos na terra (1 João 11:3)

Ele possui obras (1 João 3:8)

Ele é intelectual (2 Coríntios 11:3)

Ele tem emoções (Apocalipse 12:17)

Ele tem vontade (2 Timóteo 2:26)

Ele engana, tem poder, faz sinais e prodígios (2 Tessalonicenses 2:9-10, Apocalipse 16:14 e 20:3)

Sabe imitar a realidade com os seus embustes (Êxodo 8:7)

Transforma-se em anjo de luz (2 Coríntios 11:14)

Pode influenciar os homens (Génesis 3:1-6, 1 João 3:8-10)

É acusador (Apocalipse 12:10)

É inimigo e adversário de Deus e do povo de Deus (Génesis 3:14,15, 1 Pedro 5:8, Zacarias 3:1)

Ele reunirá homens para a batalha de armagedom (Apocalipse 16:13-14)

Actua como ladrão, homicida e destruidor (João 8:44 e 10:10,  Apocalipse 9:11)

Também como tentador (1 Tessalonicenses 3:5, Mateus 4:11), entre outros.

O apóstolo Pedro admoesta-nos a que tenhamos cuidado com ele – (1 Pedro 5:8)



   Há diversos demónios, e a tradução correvta de demnios do grego é “daimonia”, e nunca pode ser traduzido para “diabos”, pois há somente um diabo (Gr. Diabolos), isto é, Satanás que significa, em grego, adversário.

 

Ele é um ser espiritual (Efésios 6:11,12).

Os demónios são espíritos maus a seu serviço (Marcos 9:25, Lucas 8:26-33, 1 Timóteo 4:1,2);

Emissários de Satanás (Mateus 12:26,27);

Tão numerosos que tornam o poder de Satanás praticamente oblíquo (Marcos 5:9);

Eles são capazes de possuir e controlar tanto animais (Marcos 5:13) como homens (Mateus 4:24; 12:43-45, Marcos 5:2-3, 9-12, João 13:27, Marcos 11:13); 

E procuram ansiosamente um corpo, sem o qual, ao que parece, não têm tanto poder para o mal (Mateus 4:24; 8:16,28,33; 9:32 e 16:23, Marcos 1:23; 5:3-5; 9:17,20, Lucas 8:36, Atos 8:7 e 16:16, João 8:44).

Os demónios são imundos, sombrios, violentos e maliciosos (Mateus 9:33, Lucas  13:11,16). Contudo, a enfermidade mental deve ser distinguida da desordem mental devido ao controle demoníaco (Mateus 17:15), mas não sempre (Daniel 4).

   Ele quer que o homem se torne vulnerável à sua actuação, uma vez que veio para matar, roubar e destruir e “anda ao redor dos homens buscando a quem possa tragar.” (1 Pedro 5:8).

   A influência dos demónios pode manifestar-se em ascetismo religioso (1 Timóteo 4:13,16), degeneração e impureza. O sinal da influência demoníaca na religião é o afastamento da fé, isto é, do corpo da verdade revelada nas Escrituras. Os demónios mantêm conflitos com os cristãos que querem ser espirituais (1 Timóteo 4:1-3, Efésios 6:10). Os recursos dos cristãos são a oração, a Palavra e o jejum (Mateus 17:21), toda a armadura de Deus (Efésios 6:11).  Saibamos que o diabo é uma pessoa moralmente responsável (Mateus 25:41) e não uma simples personificação do mal. Isto está bem claro pelos nomes e títulos com os quais ele é descrito nas Escrituras:

Ele é chamado de Lúcifer (Isaías 14:12)

Ele é chamado de diabo (Mateus 4:1)

Ele é chamado de Belial (2 Coríntios 6:15)

Ele é chamado de Satanás (Zacarias 3:1,  Jó 1:6-9)

Ele é chamado de Maligno (1 João 5:19, Mateus 13:19)



Pronomes pessoais são usados para o descrever:

 

Ele é chamado de Belzebu (Mateus 12:24-27)

Ele é mencionado como Príncipe e deus desse mundo (João 12:31, 2 Coríntios 4:4)

Ele é chamado de Príncipe dos demónios (Mateus. 12:24-27)

Ele é descrito como Príncipe das potestades dos ar (Efésios 2:2)

Ele é conhecido como serpente antiga e grande dragão (Apocalipse 12:9; 12:3)

Ele é apresentado como anjo do abismo (Apocalipse 9:11)

Ele causa doenças físicas e mentais (Lucas 9:37-42, Marcos 5:4-5)

   Evidentemente, o diabo, ou como queira chamá-lo, é um demagogo muito versátil e maleável, capaz de muitas transformações. Aos psicólogos ateus, ele diz: “trago uma nova ciência”; aos ocultistas, assevera: “dou-vos a chave para os últimos segredos da criação”; aos racionalistas e teólogos modernos, declara: “não estou aí, nem sequer existo”.

No espiritismo, muda a roupagem de acordo como o ambiente, ainda que na essência continue sempre o mesmo: supersticioso, maquiavélico, fraudulento, mau e diabólico, etc., mas, contudo, segundo a Bíblia, um derrotado no nome de Jesus.

   A Bíblia mostra-nosque ele tem seu próprio sistema doutrinário e já bem desenvolvido (1 Timóteo 4:1-3)

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Amadeu M. 03.01.2010

    Boa tarde, Rosa.
    Quando é que aparecerá alguém disposto a trocar ideias sem agredir a inteligência das pessoas?
    É fácil dar endereços de blogues que moderam os comentários e consideram inquisidores quaisquer opinadores contrários ao espiritismo, só publicam o que vos interessa e depois de responderem torna-se impossível o direito de resposta do não-espírita. Isso já aconteceu comigo.
    Se fosse uma pessoa correcta, leria primeiro o blogue, para evitar repetir o que já aqui está exposto. Isso demonstra o vosso desrespeito por qualquer um que não partilhar da mentira que é o espiritismo.
    Preconceito é achar-se dono da verdade sobrepondo à Bíblia Sagrada as alucinações de um homem que foi possuído por satanás e desmentiu Jesus Cristo, bem como apelidar todos os cristãos de ignorantes e preconceituosos.
    Em Cristo
    Amadeu M.
  • Sem imagem de perfil

    ROSANEMERAT 03.01.2010

    Em resposta ao comentário feito pelo Senhor Amadeu no dia 03/01/2010, referente ao comentário por mim postado sobre o artigo "A LEI DE CAUSA E EFEITO" postado por Maria Helena no dia 29/11/2009 em seu blog.
    O que posso lhe dizer que, eu nunca tive a intenção de ofender ninguém e muito menos impor a minha convicção religiosa que é o Espiritismo, pois acredito que religião não salva ninguém, o que realmente nos liberta da ignorância e das nossas mazelas morais, é a nossa transformação moral que deve ser feita diariamente.
    Se eu deu os endereços dos meus blogs, é para dar a oportunidade a qualquer pessoa de bom senso conhecer um pouco sobre o Espiritismo e se tiver interesse deixar comentários sobre os artigos expostos nos blogs.
    Sempre procurei respeitar as pessoas independente de qualquer tipo de religião, porém não posso me calar diante de qualquer tipo de injustiça se referindo a Doutrina Espírita como sendo uma religião do "DIABO", pois qualquer pessoa sabe que não devemos julgar o que de fato não conhecemos.
    Se um dia você tiver interesse em conhecer o Espiritismo, estarei lhe aguardando no blog e jamais excluirei o seu comentário ou de qualquer outra pessoa que seja contrário a Doutrina que eu acredito. Sempre tive em mente que vivemos em um país democrático, onde as pessoas devem expor as suas opiniões com o devido bom senso e coerência sobre o que expõe.
    Fora isso, é uma pena que ainda acredite na existência do "DIABO", que é uma figura ilustrativa usada por algumas religiões para dominar as pessoas através do medo e da própria ignorância, o mundo está evoluindo. Não se esqueça disso.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.