Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

"Fora da caridade não há salvação"

Afirma a doutrina espírita e os seus seguidores!

 

Mas, segundo  a Bíblia Sagrada, que é o livro de regra e fé do cristianismo, só existe um evangelho: o de Jesus Cristo!

E só  existe uma maneira do homem ser salvo da condenação eterna: aceitar  Jesus como seu salvador pessoal.

Não existe salvação por obras ou  méritos humanos ou por supostos processos de reencarnação.

“Porquanto pelas obras da lei nenhum homem será justificado diante dele; pois o que vem pela lei é o pleno conhecimento do pecado... Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; sendo  justificados gratuitamente pela sua graça, mediante a redenção que há  em Cristo Jesus, ao qual Deus propôs como propiciação, pela fé, no seu  sangue, para demonstração da sua justiça por ter ele na sua paciência,  deixado de lado os delitos outrora cometidos;  para demonstração da  sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e também  justificador daquele que tem fé em Jesus. Onde está logo a jactância?  Foi excluída. Por que lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé. Concluímos pois que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei.” (Romanos 3:20, 23-28).

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de  vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie.” (Efésios 2:8,9).

“Não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas  segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e  renovação pelo Espírito Santo,” (Tito 3:5).

“Não é pelas obras, mas por meio da fé em Jesus Cristo que o homem é justificado” (Gálatas 2:16; 3:10)

 

Porque será que Kardec decidiu que os Evangelistas mentiram?

Porque será que um "evangelho" escrito por um homem que usa um nome que nem sequer é o dele, sem testemunhas, tem mais credibilidade que o Evangelho das Boas Novas da Salvação, onde todos os evangelistas testemunharam sobre o nascimento, vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo?

Só vos peço que pensem...



4 comentários

Comentar post