Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

FELIZ NATAL!

NATAL É SOBRE CRISTO!

Ele nasceu no mais humilde dos cenários, no entanto o céu que o cobria estava cheio com os cânticos dos anjos.

O lugar onde nasceu era um estábulo, no entanto, a estrela levou até Ele os ricos e nobres vindos de milhas de distância para O adorarem.

O Seu nascimento foi contra as leis do nascimento e a Sua morte foi contra as leis da morte, no entanto, não há milagre maior do que o Seu nascimento, a Sua vida, a Sua morte, a Sua ressurreição e os Seus ensinamentos.

Ele não tinha campos de milho, nem era um grande pescador, no entanto pôs uma mesa para 5 000 e tinha pão e peixe de sobra.

Ele nunca esteve em cima de tapeçarias caras, no entanto, caminhou sobre as águas e elas aguentaram o Seu peso.

A Sua crucificação foi o crime dos crimes, no entanto, da perspectiva de Deus nenhum preço menor faria com que a nossa redenção fosse possível.

Quando Ele morreu, poucos lamentaram a Sua passagem, mas Deus colocou uma capa preta sobre o sol. Aqueles que O crucificaram não tremeram com o que fizeram, mas a terra tremeu debaixo deles.

O pecado nunca O tocou.

A corrupção não conseguiu apoderar-se do Seu corpo.

O solo, avermelhado pelo Seu sangue, não pode invocar o seu pó. Durante mais de três anos Ele pregou o evangelho.

Não escreveu nenhum livro.

Não tinha uma sede e não construiu nenhuma organização.

No entanto, dois mil anos mais tarde, Ele é a figura central da história humana, o tema permanente de todas as pregações, o pivô em torno do qual giram as idades e, o único Redentor da raça humana.

Nesta quadra de celebração e de oferecer presentes, juntemo-nos aos homens sábios que: "...prostrando-se, o adoraram..." (Mateus 2:11).

Lembremo-nos, o Natal é sobre Cristo!

 

Fonte: A Palavra Para Hoje

www.ucbportugal.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.