Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Contradições q.b.

Convido-vos a ler o comentário do Jorge Luís quando o questionei sobre o facto de Kardec ter escrito que "Jesus redime o homem dos seus erros"

aqui: http://blogespiritismo.blogs.sapo.pt/91351.html?view=925143#t925143

Como não podia deixar de ser, a resposta é uma contradição total e completa, uma mentira mascarada de explicação lógica, sem lógica nenhuma. Deixo-vos a minha resposta:

 

Oh Jorge Luís... haja poder de encaixe, paciência e um papel bonito para a embrulhar!!
Foi ou não foi Kardec que escreveu o livro ao qual se refere? Quem foi o demónio ( ou "espírito" como preferir) que lho disse,  é indiferente.
Kardec é totalmente responsável pelo que escreve seja quem for o "espírito" que lho transmita, certo?
Se ele é o codificador, logo, quando escreve, escreve de forma assimilada e lógica, para que todos possam entender racionalmente, ou não? _ Pelo que temos visto, NÃO!
A sua explicação carece de bases e é completamente ilógica, apenas re-confirma que: "Com papas e bolos se enganam os tolos!"

Fazer alguém acreditar que partilhamos a mesma fé e até os mesmos ideais com o único intuito de as desviar da delas é manipulação premeditada, falsidade e hipocrisia seja quem for o autor da ideia: Kardec ou o demónio que ele ouviu.

Deus não engana ninguém! Por isso, é que muitos preferem não acreditar na Sua Palavra que é mais penetrante do que uma espada de dois gumes e não usa subterfúgios para ensinar a Verdade!!! Jesus Cristo foi morto, não porque fingia concordar com os "religiosos" e os Drs. das Leis, mas porque os confrontou e os expôs publicamente!

Jorge Luís, retrate-se por favor!

Assuma que quem escreveu a tal oração, foi Kardec. E, se o tal "espírito" lhe disse que "Jesus Cristo REDIME o homem dos seus erros", porque é que o "ouvinte/codificador" insistiu numa doutrina em que isso não é verdade? Já viu como se contradiz?

A qual Evangelho se refere quando diz que: "(...) essa pessoa ouviria com mais interesse o evangelho e aos poucos por si só abandonaria "a religião que professa" (...)

Não é ao Evangelho das Boas Novas da Salvação que Jesus Cristo pregou e ensinou, pois não? Esse é muito frontal, não usa "esquemas", chama os bois pelos nomes, fala em sofrimento eterno para uns e não para outros, céu, inferno, Satanás, e tudo o mais que a doutrina espírita se esforça por negar.
Tem razão quando diz que: "aos poucos conforme a pessoa vai compreendendo a doutrina espirita e todas as suas máximas ela, por si só, passa a abandonar as crenças antigas que tinha.." os "demónios" que entram nas pessoas através dos passes, sessões e leitura das obras espíritas, fazem o trabalhinho muito bem feito. Tão bem feito que se explicam contradizendo-se e são cridos!

Complicado!!

 

 

 

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Helena 29.12.2011

    Será possível?
    Jorge... acorde! Eu deixei o link do seu comentário para as pessoas acederem e lerem na íntegra.
    Qual é a sua dúvida?Ou será dificuldade em entender?
    A resposta está em total contexto com o que você escreveu...
    Tente exercitar a mente para não comentar inverdades tipo "você pinçou duas ou trés frases" quando na verdade eu dei o acesso a todo o comentário que, espremido, se resume ao que respondi!
    Deus o abençoe!
  • Sem imagem de perfil

    jorge luis 29.12.2011

    e as passagens biblicas???

    TODAS ELAS meu bem....
  • Sem imagem de perfil

    jorge luis 29.12.2011

    ESTOU ESPERANDO ANSIOSO AS RESPOSTAS DAS CONTRADIÇÕES BIBLICAS ACHO QUE VOU ACRESCENTAR MAIS ALGUMAS:

    Gn 2,17: “Mas não pode comer da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque
    no dia em que dela comer, com certeza você morrerá".

    Comentário: Adão comeu o fruto da árvore, entretanto, não morreu “no dia”, viveu
    ainda um longo tempo, chegando até a idade de 930 anos, embora isso contrarie o Gn 6,3 que
    estabelecia a vida do homem na carne em 120 anos. E, pelo jeito, Adão sabia o que era
    morrer, porquanto nenhuma explicação lhe foi dada sobre o que seria isso, se estivermos
    certos nessa conclusão, então a morte já existia antes, logo não surgiu por conta da
    desobediência de Adão.

    Gn 4,15: “Javé lhe respondeu: 'Quem matar Caim será vingado sete vezes'. E Javé
    colocou um sinal sobre Caim, a fim de que ele não fosse morto por quem o
    encontrasse”.
    Ex 21,12: “Quem ferir uma pessoa e lhe causar a morte, torna-se réu de morte”.

    Nm 35,16-18: “... E o homicida é réu de morte” (repetido em cada um dos versículos)

    Comentário: Enquanto estabelece a pena de morte para os homicidas, coloca um sinal
    em Caim para ninguém o mate. Haja incoerência!

    Ex 24,4: “Moisés colocou por escrito todas as palavras de Javé....”

    Ex 24,12: “Javé disse a Moisés: 'Suba até junto de mim na montanha, pois eu estarei
    aí para lhe dar as tábuas de pedra com a lei e os mandamentos que escrevi, para
    você os instruir".

    Ex 31,18: “Quando Javé terminou de falar com Moisés no monte Sinai, entregou-lhe as
    duas tábuas da aliança; eram tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus”.

    Ex 34,1: “Javé disse a Moisés: 'Corte duas tábuas de pedra, como as primeiras, suba
    ao meu encontro na montanha, e eu escreverei as mesmas palavras que estavam nas
    primeiras tábuas que você quebrou'”.

    Comentário: Quem afinal escreveu as palavras: Deus ou Moisés?
  • Sem imagem de perfil

    jorge luis 29.12.2011

    MAIS CONTRADIÇÕES ESPERANDO UMA RESPOSTA:

    algumas das profecias afirmadas para serem
    cumpridas no Novo Testamento nem mesmo existem no Antigo
    Testamento!

    Por exemplo, em Lucas 24:46, Jesus disse:
    "Assim está escrito que o Cristo havia de padecer, e de ressuscitar
    dentre os mortos no terceiro dia".

    Entretanto, em nenhum lugar do Antigo Testamento isto é dito ou
    previsto! Também, em João 7:38 Jesus disse:

    "Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de
    água viva".

    Se Jesus estivesse certo em dizer que a Escritura profetizou isto, onde
    então está isto? Nenhuma afirmativa como esta jamais foi localizada nas
    escrituras do Antigo Testamento, e ainda "a Escritura" a que Jesus se referia
    certamente estaria no Antigo Testamento. Como podia ser o cumprimento de
    uma profecia que nem mesmo foi feita?

    Paulo também afirmou que a ressurreição do Cristo no terceiro dia
    também foi prevista pelas escrituras. Ele disse em 1 Coríntios 15:3-4:

    "Antes de tudo vos entreguei o que também recebi; que Cristo morreu
    pelos nossos pecados segundo as Escrituras, e que foi sepultado e
    ressuscitou ao terceiro dia segundo as Escrituras".

    Entretanto, voces apologistas evangelicos não conseguem produzir uma única
    passagem no Antigo Testamento que fizesse desse alegado terceiro dia uma
    previsão! Ela simplesmente não existe!

    Do mesmo modo em João 20:9:

    "Pois ainda não tinham compreendido a Escritura, que era necessário
    ressuscitar ele dentre os mortos"

    Como eles poderiam conhecer a escritura, considerando que ela
    profetizava aquilo que nem mesmo existia? Nenhuma passagem como esta
    jamais foi encontrada na escritura.


    e ai vai parar de se esconder???

    EXPLIQUE UMA POR UMA ESSAS CONTRDIÇÕES JA QUE DEFENDE TANTO A BIBLIA COMO SEM ERROS....
  • Imagem de perfil

    Maria Helena 01.01.2012

    Não foi Kardec quem afirmou que o Velho Testamento é a primeira revelação de Deus?Tendo em conta os seus comentários, afinal de contas, o Antigo Testamento é a primeira revelação que Deus nos deu, ou é um monstruoso embuste da autoria de um impostor chamado Moisés e mais alguns impostores? Ora, embustes e monstruosidades jamais vêm de Deus, não é mesmo? Tampouco um impostor pode ser visto como Emissário de alguma Revelação Divina, não é mesmo?
    Segundo me consta, nenhum teólogo evangélico negaria a progressividade das revelações de Deus nas páginas das Escrituras, pois a Bíblia no-lo demonstra categoricamente. Mas convenhamos que os embustes e as monstruosidades não podem ser reconhecidos como “progressivas revelações do Senhor”. As revelações do Senhor são, sim, progressivas, porém de modo algum são monstruosos embustes. Mas, como os kardecistas conseguem enxergar monstruosidades, embustes e contradições no Antigo Testamento, custa-me entender (se bem que eu estou entendendo tudo) como ousam rotular isso de “primeira revelação de Deus”. Afinal, o Antigo Testamento é a primeira revelação de Deus, ou é o primeiro embuste? Decidam os kardecistas como quiserem, mas saiam de sobre o muro. Posicionem-se.

  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.