Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Onde estão, no Antigo Testamento, as profecias que Jesus referiu? 2

O sr. Jorge Luís, à semelhança dos muitos espíritas que desconhecem a Palavra de Deus perguntou:

"Onde estão, no Antigo Testamento, as profecias que Jesus referiu? Por exemplo, em Lucas 24:46 “que o Cristo havia de padecer e ressuscitar dentre os mortos”? Também em João 20:9 diz que eles não tinham compreendido a Escritura, que era necessário ressuscitar dentre os mortos. Em I aos Coríntios 15:3, 4, diz que Cristo morreu por nós segundo as Escrituras. Onde está isso profetizado?

 

Se, em vez de acreditarem cegamente nas mentiras dos demónios, os espíritas procurassem O Deus das Escrituras com humildade, temor e amor ao Criador, pedindo-Lhe revelação da Sua Palavra, talvez não passassem por situações constrangedoras como esta e conseguissem ver as muitas profecias (para além das citadas) que mostram claramente que Jesus Cristo é o Messias prometido por Deus!

Será que os espíritas sabem que no Velho Testamento existem cerca de 60 profecias Messiânicas de vulto, e aproximadamente 270 ramificações, as quais se cumpriram todas numa só pessoa _ Jesus Cristo?

É muito interessante observar todas estas predições cumpridas em Cristo, como sendo Sua "identificação".

Deus fez uma descrição na História com detalhes expressivos, para destacar seu Filho, o Messias, o Salvador da humanidade, de qualquer outra pessoa que já viveu neste mundo _ no passado, presente e futuro.

Os detalhes específicos podem ser encontrados no Velho Testamento, um documento que foi escrito durante um período de 1000 anos, e contém 300 referências à Sua vida. Pelo método das probabilidades, as chances de que apenas 48 destas profecias se cumprissem numa pessoa eram de 1 em 600 quadrilhões.

A tarefa de associar essa descrição feita por Deus a um determinado homem é mais complicada ainda pelo facto de todas as profecias referentes ao Messias terem sido feitas pelo menos 400 anos antes da ocasião em que Ele iria surgir.  Alguém pode discordar e afirmar que tais profecias foram escritas depois de Cristo ter vindo e adaptadas de modo a coincidir com os eventos de Sua vida (é isso que pensa Jorge?).

Isto pode até parecer plausível, mas lembremo-nos de que a Septuaginta, a tradução em grêgo do Velho Testamento hebraico, foi produzida entre os anos 200 e 150 A.C.

Esta tradução grega mostra que houve um espaço de, pelo menos, 200 anos entre o registo das profecias e seu cumprimento em Cristo.

Citemos alguns detalhes que mostram que só Jesus Cristo cumpriu todas essas profecias.

Que eventos tiveram que preceder e coincidir com o aparecimento do Filho de Deus?

Recorremos a Gênesis 3:15. Aqui encontramos a primeira profecia Messiânica. Em toda a Bíblia, há somente um homem que nasceu da "descendência" (ou da semente) da mulher _ todos os outros nasceram da semente do homem. Aqui está um homem que veio ao mundo para desfazer as obras de Satanás ("ferir a sua cabeça").

Em Gênesis 9 e 10, Deus definiu ainda mais esta identificação. Noé tinha três filhos _ Sem, Cão e Jafé. E hoje, todas as nações do mundo podem traçar sua origem até esses três homens. Mas em sua definição, Deus eliminou dois terços deles da linhagem Messiânica. O Messias viria tarvés da descendência de Sem.

Depois, continuando até ao ano 2000 A.C., encontramos o Senhor chamando um homem de nome Abraão, para sair da terra de Ur dos caldeus. Com Abraão, Deus especifica ainda mais Suas declarações, afirmando que o Messias seria descendente dele.1 Todas as famílias da terra seriam abençoadas  através deste homem. Depois, Abraão teve dois filhos, Isaque e Ismael; e muitos dos seus descendentes são eliminados, quando o Senhor elege o segundo filho Isaque.2

Isaque, por sua vez, teve dois filhos: Jacó e Esaú, e Deus escolheu a linhagem de Jacó.3 Este teve 12 filhos, dos quais provieram as 12 tribos de Israel. E então Deus destacou a tribo de Judá, como a que continuaria a linha Messiânica, eliminando assim 11 doze avos das tribos israelitas. E de todas as famílias da tribo de Judá, a de Jessé foi a escolhida.4 É possível vermos agora a linha se difinindo mais.

Jessé tinha 8 filhos, e, em 2 Samuel 7:12-16 e Jeremias 23:5, Deus eliminou 7 oitavos da família de Jessé. Ficamos sabendo aí que o Homem de Deus não apenas será da descendência da mulher, da linhagem de Sem, da raça dos judeus, da linhagem de Isaque, de Jacó, da tribo de Judá, mas também será da casa de Davi.

Um profecia datada de aproximadamente 1012 A.C.5 também prediz que as mãos e os pés deste homem seriam trespassados por cravos (isto é, seria crucificado).

Esta predição foi escrita oitocentos anos antes de os romanos colocarem em prática a execução de criminosos pela crucificação.

 

Referências bíblicas:

1 Gênesis 12; 17; 22.

2 Gênesis 17; 21.

3 Gênesis 28; 35:10-12; Números 24:17.

4 Isaías 11: 1-5

5 Salmo 22:6-18; Zacarias 12:10; comparados com Gálatas 3:13.

CONTINUA:

 

 


 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.