Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

VERSÍCULOS BÍBLICOS DETURPADOS II

Kardec, no seu afã de parecer credível emprestanto ao espiritismo uma roupagem pseudo-cristã, lançou mão de vários versículos da Bíblia Sagrada descontextualizando-os. Para quem não conhece as Escrituras, essas explicações parecem credíveis, mas para todos aqueles aos quais o Espírito Santo revela a Palavra de Deus a mentira e o engôdo é clara e inequívoca.

Pegue na sua Bíblia e vamos examinar e explicar à luz das Escrituras alguns desses versículos:

 

E os seus discípulos o interrogaram, dizendo: Por que dizem então os escribas que é mister que Elias venha primeiro? E Jesus, respondendo, disse-lhes: Em verdade Elias virá primeiro, e restaurará todas as coisas; Mas digo-vos que Elias já veio, e não o conheceram, mas fizeram-lhe tudo o que quiseram. Assim farão eles também padecer o Filho do homem. Então entenderam os discípulos que lhes falara de João o Batista. Mateus 17:10-13

Sobre Mateus 17:10-13 digo assim, homem nenhum conversou com Moisés e Elias. Jesus conversou com eles (Mat 17:3; Lucas 9:30,31) e Jesus é Deus (João 1:1; 10:31; Heb 1:8). A lei proíbe os homens de consultar os mortos (Deut 18:11) e na verdade isso não aconteceu. Jesus não procurou os mortos para saber algo, mas conversou com eles sobre a morte dEle. Jesus é omnisciente pois Ele é Deus. Os que consultam um espírito adivinhador ou os mortos fazem isso para receber notícias ou para serem guiados. Jesus não fez nada disso. A Sua transfiguração aconteceu para enfatizar aos que assistiram a esse evento, que Cristo tem plena confraternidade e concordância com a lei e a profecia do Velho Testamento e que Ele é superior aos que falavam em símbolos e tipos sendo Ele o anti-tipo, o Real, o Verdadeiro que eles do passado apontaram.
De facto, para com Deus, Moisés e Elias vivem pois a alma nunca morre porque ao morrer, ou seja, ao separar-se do corpo, passa a estar presente com Deus (II Cor 5:8).
Nota: isso também nos mostra que Moisés apareceu no próprio corpo dele e não no corpo de um outro homem, planta ou animal. Isso significa que a reencarnação não é válida.  Estes mesmos comentários podem ser dados sobre o caso referido em Lucas 9:30,31

 

Portanto, se a tua mão ou o teu pé te escandalizar, corta-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida coxo, ou aleijado, do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno. E, se o teu olho te escandalizar, arranca-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida com um só olho, do que, tendo dois olhos, seres lançado no fogo do inferno. Mateus 18:8-9

Mateus 18:8,9 não ensina nada mais, nada menos que a verdade da necessidade de odiar o pecado e recorrer exclusivamente a Cristo para ser salvo. A linguagem simbólica é usada  para ensinar como e quanto devemos odiar o pecado para nos incentivar ao arrependimento e a crer com fé em Cristo. O arrependimento é necessário para ser salvo. Sabemos que os únicos que se arrependem dessa maneira são os regenerados por Cristo. Foi isto que Cristo quis ensinar.

 

E havia entre os fariseus um homem, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus. Este foi ter de noite com Jesus, e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele. Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo. O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito. Nicodemos respondeu, e disse-lhe: Como pode ser isso? Jesus respondeu, e disse-lhe: Tu és mestre de Israel, e não sabes isto? Na verdade, na verdade te digo que nós dizemos o que sabemos, e testificamos o que vimos; e não aceitais o nosso testemunho. Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais? Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu. João 3:1-13

João 3:1-13 ensina a necessidade de regeneração espiritual por fé em Cristo. O espírito é morto pelo pecado mas vivo por Cristo. Mais explicações sobre isso segue no comentário sobre João 5:25.

Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão. João 5:25

Sobre João 5:25 creio que o que Jesus diz sobre os mortos ouvirem a Sua voz é melhor entendido se lembrarmos que os homens fora de Cristo são os mortos espiritualmente (Efés 2:1,2). Os mortos espiritualmente são os que ainda estão sob a condenação dos seus pecados, separados de Deus e portanto sem vida para com Deus. Mas, Jesus prediz, que logo os não salvos ouvirão a Sua voz e viverão. É destacado a verdade que somente em Cristo há vida com Deus. No pecado o pecador é sem a justiça plena e portanto separado da comunhão aberta com Deus. Mas, por Cristo, pela Sua morte vicária, no lugar de todos os pecadores que se arrependem e crêem com Fé no Salvador Jesus Cristo, têm a justiça de Cristo imputada a eles e assim são trazidos a uma vida nova com Deus que é chamada biblicamente a salvação. Os versículos 28 e 29 do mesmo capitulo cinco de João falam de uma ressurreição corporal e o julgamento segundo as obras feitas no corpo. Tal julgamento não é diferente do que a salvação por Cristo pois somente os que estão em Cristo têm obras que agradam ao Senhor Deus pois Deus vê os Seus, e tudo que fazem, pela lupa do sangue do Seu Filho e portanto têm a ressurreição de vida. Os homens fora do sangue do Filho não têm quaisquer obras  que agradam ao justo Deus e portanto encontram a ressurreição da condenação.

 

Extraído e adaptado do site:

http://solascriptura-tt.org/Seitas/Reencarnacao-CGardner.htm

4 comentários

Comentar post