Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

MENTIRAS ESPÍRITAS

A doutrina espírita, qual camaleão, usa as mesmas palavras que os cristãos usam, mas na verdade não acredita nelas como os cristãos acreditam! Kardec ensinou:

"...Se alguém tem uma convicção bem firmada sobre uma doutrina, ainda que falsa, necessário é lhe tiremos essa convicção, mas pouco a pouco. Por isso é que muitas vezes nos servimos de seus termos e aparentamos abundar nas suas idéias: é para que não fique de súbito ofuscado e não deixe de se instruir conosco. Aliás, não é de bom aviso atacar bruscamente os preconceitos..." . (O Livro dos Médiuns. Federação Espírita Brasileira: 58ª edição, capítulo XXVII, número 301, página 392.)

Nas linhas acima percebemos que, Kardec ensinou seus seguidores a serem falsos, a fingir e fazer com que o dito fique pelo não dito para, deste modo, não espantar a presa. Ele sabia que os demónios se encarregariam de fazê-las mudar conforme participassem nas sessões.

Quando ouvimos uma espírita afirmar: "Conheço e ensino toda a Bíblia, (...)" temos que perceber que os espíritas não consideram a Bíblia como sendo a Palavra de Deus e que a estudam à luz das obras espíritas! Conforme escreveu um espírita de renome: "Nem a Bíblia prova coisa nenhuma, nem temos a Bíblia como probante. O Espiritismo não é um ramo do Cristianismo como as demais seitas chamadas cristãs. Não assenta os seus princípios nas Escrituras. Não rodopia junto à Bíblia... Mas a nossa base é o ensino dos espíritos, daí o nome _ Espiritismo” (À Margem do Espiritismo, pagina 214,). Esta é a verdadeira crença de um espírita! Ele não crê na Bíblia. Pode estudá-la todos os dias, mas de forma errada, subjugando a Palavra de Deus ao evangelho de um homem e dos demónios que o inspiraram.

Quando um espírita afirma acreditar que Jesus Cristo é o Salvador da humanidade, a própria doutrina espírita contraria esta tese!

Se Ele é o Salvador, se Ele veio para nos salvar, porque não aceitar a verdade que começou na cruz quando Jesus disse ao ladrão arrependido: "(...) Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso." (Lucas 23:43). A possibilidade da reencarnação, por si só, nega a suficiência da obra redentora de Jesus Cristo no Calvário. Se a reencarnação fosse uma forma de alcançar a salvação, Jesus teria dito ao ladrão que precisaria reencarnar até se aperfeiçoar... afinal ele era um criminoso, só os maiores criminosos eram sentenciados a morrer na cruz! Além disso, se Ele é o Salvador, veio salvar-nos de quê? A Bíblia diz-nos que Ele veio salvar-nos da morte e do inferno! Mas os espíritas não acreditam no inferno... nem na morte! Então, Ele veio salvar o mundo de quem? Ele, Jesus Cristo diz que veio destruir as obras do Diabo, mas os espíritas contrariam-nO afirmando que o Diabo não existe! Jesus Cristo falou muitas vezes do inimigo das nossas almas, Satanás, mas, faz alguns dias, uma espírita, Miriam Caravello, me escreveu isto: "Pelo visto é uma adoradora do Diabo, pois em seu parco discurso menciona-o a todo instante."!? Será caso para perguntar o que é que ela pensa acerca de Jesus e dos apóstolos que o mencionaram tantas vezes...

Quando ouço um espírita dizer: "Estou me dedicando á causa espírita, que é onde mais se assemelha aos ensinamentos do Cristo.", só posso perguntar:

_ Que ensinamentos? Fazer boas obras? Amar o próximo? Mas esses já eram ensinos do Velho Testamento: (...) Convertei-vos, agora, cada um do seu mau caminho, e fazei boas as vossas ações, (...) Jeremias 35:15;  "Não te vingarás nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o SENHOR." Levítico 19:18.

Jesus Cristo não veio só repetir o que Deus já havia ensinado! Jesus Cristo veio morrer no nosso lugar, para nos salvar! Ele consumou a nossa salvação no calvário quando pagou o preço que cada um de nós merece pagar. Quando ele exclamou "Está consumado." João 19:30 e expirou, o véu rasgou-se de alto a baixo! o Véu que nos separava da presença de Deus foi rasgado. Em Cristo temos livre acesso ao trono da graça de Deus! Em Cristo fomos tornados filhos de Deus por adopção: "Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo:" Romanos 8:14-17.

A qual Jesus Cristo se referem os espíritas? Ao bíblico não é certamente! Quando um espírita se refere ao Cristo, está a referir-se a um Jesus que era um ser altamente evoluído, que havia sido criado por Deus como nós também o fomos um dia, um Cristo que passou por todas as fases da evolução, porém na linha vertical, sem quedas. Que através de milhares de reencarnações, havia chegado à posição que chegou há dois mil anos atrás, quando então aqui encarnou.

Este não é, nunca foi, o Jesus Cristo Bíblico! O Jesus do espiritismo não é o Verbo encarnado de Deus! "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez." João 1:1-3

Jesus Cristo, o Salvador e Redentor da humanidade é eterno! Não teve princípio nem fim! Ele é Deus! Ele próprio o disse.

Felipe pediu: "Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta." João 14:8-8. "Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai? João 14:8-9.

Termino com um comentário acerca daquilo que os espíritas chamam de "amar o próximo". Por tudo o que tenho presenciado e, salvo raríssimas excepções, o conceito de "amar o próximo" que eles seguem religiosamente passa por insultar todos aqueles que não pensam como eles.

Termino dizendo que não tenho nada contra as pessoas que foram enredadas nas malhas satânicas da doutrina Kardecista e que considero que a crítica construtiva é uma demonstração de amor, o que, por si só justifica a sua procedência e lhe dá o direito de, pelo menos, ser apreciada. Todos os cristãos autênticos têm o dever de lutar com todas as suas forças em prol da salvação de todo aquele que desconhece o poder do sangue de Jesus "Eu sou devedor, tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes." Romanos 1:14.

 

Oro para que o Espírito Santo de Deus possa usar este texto para falar ao coração daqueles que buscam a Deus com sinceridade!

Com amor em Cristo Jesus

Maria Helena Costa

 

 


 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.