Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

COMO É QUE JESUS PODE SER DEUS E HOMEM?

Tão admirável como a Doutrina da Trindade é a Doutrina da Encarnação, ou seja, que Jesus é Deus e Homem ao mesmo tempo, eternamente, numa só Pessoa. Conforme disse o teólogo contemporãneo J. I. Packer: "Temos aqui dois mistérios pelo preço de um _ a pluralidade de Pessoas na unidade de Deus e a união de Deus com a humanidade, na Pessoa de Jesus Cristo... Nada na ficção é tão fantástico como o que acontece na verdade da Encarnação."

A igreja primitiva considerava a Encarnação como uma das verdades mais importantes da nossa fé. Por isso a igreja formulou o que foi chamado: "O Credo de Calcedónia", uma declaração que estabeleceu claramente aquilo que devemos receber e no que devemos crer sobre a Encarnação. Este credo resultou de um grande concílio, que teve lugar nos dias 08/10 a 01/11 do ano 345 d. C., na cidade de Calcedónia, o qual foi adotado como modelo e distinção ortodoxa do ensino bíblico sobre a Pessoa de Cristo, a partir daquele tempo, para todos os ramos do cristianismo.

Existem cinco verdades principais com as quais o Credo de Calcedónia resumiu o ensino bíblico sobre a Encarnação:

_ Jesus tem duas naturezas - Ele é Deus e Homem.

_ Cada natureza é absolutamente completa, sendo Ele verdadeiro Deus e verdadeiro Homem.

_ Cada natureza permanece distinta.

_ Cristo é uma só Pessoa.

_ As coisas que são verdadeiras a uma só natureza são, contudo, verdadeiras na Pessoa de Cristo.

Uma apropriada compreensão destas verdades anula muita confusão e muitas dificuldades que possamos ter em mente. Como é que Jesus pode ser Deus e Homem? Porque é que isto não O transforma em duas pessoas? Como é que Jesus pôde ser pendurado na cruz (Mateus 4:2) e morto (Marcos 15:33); quando estava na terra, mesmo sendo Deus? Porque é que é errado dizer que Jesus é "parte" de Deus? Jesus ainda é humano hoje e continua a ter um corpo humano?

 

 

 

Na nota seguinte: JESUS TEM DUAS NATUREZAS _ DEUS E HOMEM

Estudo retirado do site: http://www.hermeneuticaparticular.com/

Publicado em: https://www.facebook.com/maria.h.costa.39?ref=tn_tnmn#!/notes/maria-helena-costa/jesus-deus-e-homem-como-%C3%A9-que-jesus-pode-ser-deus-e-homem/473901442685661