Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

AS VÁRIAS RAÇAS NA VISÃO ESPÍRITA

Kardec pergunta: Quesito 52. De onde vêm as diferenças físicas e morais que distinguem as variedades de raças humanas na Terra?

O espírito responde: _ Do clima da vida e dos hábitos. Dá-se o mesmo que se dana com duas crianças da mesma mãe, que educadas uma longe da outra e de maneira diferente, não se assemelhassem em nada quanto à moral.

Eu pergunto: De qual clima? De qual vida? De quais hábitos?

Quando, como e onde começou tudo isto? Quem foi ou foram os primeiros? Quem apareceu primeiro? O homem ou a mulher? Se foi o homem, como apareceu a mulher? Segundo Kardec, cada ser humano tem em si um espírito que havia desencarnado, certo? E porque é que reencarnou? Por causa da lei causa e efeito? Mas, como e contra quem pecou o primeiro ser humano? Pecou antes de existir? Quando era germe? Com ou sem espírito? Contra quem?

Quantos seres humanos apareceram no mesmo dia e contra quem tinham pecado antes para serem vítimas da lei do carma?

Como é que seres humanos que se dizem inteligentes, aceitam estas respostas vagas e sem qualquer fundamento de espíritos mentirosos, como verdades, e rejeitam a Bíblia que nos revela a criação de forma inteligível?

Claro que o demónio ou os demónios que responderam a Kardec jamais dariam a Deus a glória pela criação. Satanás sempre quis que as suas mentiras sejam mais verdade que a verdade de Deus. Mas daí a ver seres humanos que se dizem racionais a acreditar na manta de retalhos que é a doutrina espírita...

 



5 comentários

Comentar post