Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Reencarnação? A Bíblia diz que não!

 

   Segundo vários historiadores, a mais antiga fonte histórica onde se encontram referências à reencarnação estão nos Vedas _ escritos filosóficos e religiosos dos hindus. Esta doutrina de reencarnação é bem mais recente do que a doutrina de consulta aos mortos: ela foi inventada pelos sacerdotes que oficiavam os rituais prescritos nos Vedas e introduzida entre o povo pela classe dos brâmanes.

Esses sacerdotes inventaram toda a história de vidas sucessivas com o propósito de inspirarem mais respeito das outras classes sociais da índia, para que assim fossem mantidos como superiores e protegerem seus privilégios.

Falando sobre suas próprias encarnações anteriores, os brâmanes faziam com que sua autoridade fosse antiquíssima aos olhos do povo.

Eles passaram a pregar que, de reencarnação em reencarnação, haviam chegado à posição em que se encontravam. E o povo acreditava e mantinha profundo respeito por eles. Hoje, olhamos para a India e vemos só, o país mais miserável do mundo.

Sidarta Gautama, o Buda (iluminado), tomou emprestada essa idéia do bramanismo, acrescentando-lhe outro detalhe: só os sábios é que escapam do círculo de nascimentos e mortes, deixando de reencarnar e atingindo o Nirvana, ou seja, a quietude e a serenidade perpétua.

Segundo essa doutrina da reencarnação concebida pelo budismo,da qual o espiritismo é mais um  dos segmentos, conclui-se que Deus não passa de um Ser de ilimitada tolerância, chegando a ser permissivo e compassivo pois afirmam que não existe pecado. Portanto, roubar, matar adulterar, prostituir-se, mentir e blasfemar não passam de experiências mal sucedidas nesse longo caminho e aprendizado.

Como no budismo, no espiritismo considera-se que essas acções não devem ser cometidas, mas, caso alguém venha a cometê-las, na próxima encarnação deverá expiá-las. Então Herodes, Nero, Hitler e outras monstruosidades que já existiram na história e que não se arrependeram dos seus crimes hediondos um dia serão "anjos de luz".

Não é assim que Deus nos ensina.

Eis o que nos afirma a Bïblia em Romanos 14:14: "Assim cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus."

Negar a reencarnação é anular o espiritismo.

Carlos Embassahy, em seu livro "O Mundo Espírita", Ed. 1953, na pág. 01 assim se expressa:

"A importância da reencarnação é capital. Sem essa doutrina, o espiritismo perderia toda a sua base filosófica... sem a reencarnação, estaríamos diante de um completo vazio."

Por sua vez, Allan Kardec assim se expressa sobre a reencarnação em seu livro "A Gênese", Ed. 1985, pág. 30:
"A reencarnação é uma das mais importantes leis reveladas (tomadas de empréstimo?) pelo espiritismo."

A doutrina espírita da reencarnação ensina que nossa vida actual neste mundo é apenas repetição de outras existências vividas em outros corpos, ou seja, o estabelecimento de soluções em parcelas, de pendências comportamentais.

No "Evangelho Segundo o Espiritismo", pág. 67, Kardec afirma que a "reencarnação é a volta da alma à vida corpórea, mas em um outro corpo especialmente formado para ela e que nada tem de comum com o antigo."

De acordo com a exposição feita, observamos que a reencarnação foi concebida como doutrina ou lei do espiritismo, segundo as expressões utilizadas por dois de seus mais respeitados doutrinadores espíritas.
 
No Cristianismo, aprendemos que a Ressurreição não é lei nem doutrina. É uma realidade que nos foi revelada e vivida pelo próprio Filho de Deus, Jesus Cristo. O seu próprio túmulo está vazio, porque Deus não morre.

O texto bíblico mais antigo a que os espíritas se apegam para "provar" sua teoria reencarnacionalista está em Jó 1:20-21, que assim nos revela:

"Então se levantou Jó, rasgou o seu manto e rapou a cabeça. Depois, caindo prostrado por terra, disse: Nu saí do ventre da minha mãe e nu voltarei; o Senhor deu, o Senhor tirou; bendito seja o nome do Senhor."

Os doutrinadores espíritas, após esta leitura superficial da Bíblia, se apegam à expressão de Jó: "... e nu voltarei" para tentar provar que o próprio Jó acreditava na reencarnação: após a morte voltaria nu ao ventre de sua mãe, como nascera.

Mas o seu desconhecimento da Palavra de Deus, leva-os a distorcer textos e impediu-os de ler também em Jó:

Assim como a nuvem se desfaz e passa, assim aquele que desce à sepultura nunca tornará a subir. (Jó 7:9)


A Bíblia é muitíssimo clara acerca de só haver um vida neste mundo:

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, (Hebreus 9:27)

E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu. (Eclesiastes 12:7)

Assim como a nuvem se desfaz e passa, assim aquele que desce à sepultura nunca tornará a subir. (Jó 7:9)

  E disse ele: Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque dizia: Quem sabe se DEUS se compadecerá de mim, e viverá a criança? 23 Porém, agora que está morta, porque jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim. (2 Samuel 12:22-23)

E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso. (Lucas 23:43) 


Até a lógica meramente humana, observando a humanidade, diz: ( i ) Se todo nascimento é uma reencarnação, como a população pode ter aumentado tanto? Se num instante havia 1 milhão de almas, como hoje pode haver 10 bilhões?

Se, quanto à impiedade, toda reencarnação é um aperfeiçoamento, por que o homem e a humanidade não melhoraram? 


Os doutrinadores espíritas com seus ensinamentos, tentam, a todo custo, demonstrar que pertencem ao Cristianismo como uma de suas denominações.

Daí a ânsia constante desses seguidores do budismo, o espiritismo é um dos seus segmentos, em recorrer à Palavra de Deus, que eles ignoram em suas doutrinas, para tentar um paralelo ou harmonia entre seus conceitos, o que nos deixa transparecer, claramente, suas grandes dúvidas ou hesitações naquilo que tanto pregam.

 

Jesus Cristo alertou-nos contra as mentiras do espiritismo e de outras seitas que deturpam a Palavra de Deus e negam a divindade de Cristo e a Salvação pela Graça que Só Ele pode conceder. Veja o que Jesus Cristo disse sobre a doutrina espírita:

 

  • “Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido. Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus. Pois eu vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.” Mateus 5: 17-20
  • Em Lucas 16:17 “É, porém, mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til da lei.”


Neste texto percebemos que a Palavra de Deus se cumprirá, nada ficará por cumprir!

 

És Deus de perto, e não de longe!

Tu nunca falhas, Tu és Fiel.Eu sei!!

Tudo pode passar, mas a Tua Palavra vai se cumprir!

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.