Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Deixei o espiritismo...

 

Ex-espírita conta como Deus a chamou. Vale a pena ler!

“…eu passei todos esses anos tendo experiências horríveis de ser amarrada na minha cama e apanhar de espíritos imundos, eles me aterrorizavam, eram formas de morcegos, de bolas negras que tentavam me atingir, eram cabeças cortadas em bandejas, sangue, muito sangue. No Centro diziam que ia passar …”

 

Eu aceitei Jesus como meu Senhor e Salvador no dia 27/02/2008, e naquela tarde não imaginava quantas coisas Ele faria em minha vida.

Eu estava a ponto de tirar a minha vida, e em minha mente existiam pensamentos de morte, de menos valia, de não merecer a felicidade, de insegurança e muito medo. Uma vida toda lutando contra esses pensamentos e sentimentos, e aos 27 anos de idade, depois de ter buscado no Espiritismo uma solução para a minha vida, eu já me dava por fracassada, e eu tinha certeza que Deus havia se esquecido de mim.

Mas foi ai, quando tudo parecia ter fim, quando eu já não tinha mais forças e nem mesmo acreditava que eu e minha família encontraríamos a paz, foi então que Deus revelou o seu grande amor por mim e pelos meus.

Fui espírita por 10 anos da minha vida, na adolescência eu busquei um Centro Espírita Kardecista, eu me recordo que na ocasião eu estava ouvindo vozes. Um dia, era Junho de 1997, chegando do colégio, eu estava muito chateada, pois havia terminado um namoro, era a primeira de muitas decepções amorosas que seguiriam na minha vida sem Deus. ‘’Saia do meu caminho’’, eu ouvi claramente esta ordem, uma voz acompanhada de um barulho, como se um caminhão passasse dentro da minha cabeça e um mal estar indescritível no estomago, nesse dia eu fiquei o tempo todo deitada no escuro do meu quarto. Uma tia distante telefonou e na conversa a minha mãe mencionou o que estava acontecendo comigo e ela pediu para minha mãe me levar a um Centro Espírita, onde eu iria receber passes e ficar melhor, ela disse que o que estava acontecendo comigo era de ordem espiritual e que no Centro Espírita eu iria melhorar muito. Deste dia em diante, eu passei a freqüentar este Centro, e a estudar a Doutrina dos Espíritos, a partir dos livros de Kardec. Um ano depois eu estava namorando um rapaz cuja família era espírita, eu o conheci no meu colégio, e em 1998 o Espiritismo entrou na minha vida também por meio da Umbanda, pois a mãe deste meu namorado realizava alguns trabalhos na casa dela, e eu era convidada a participar. Me disseram que eu era médium, e que deveria desenvolver mediunidade para a minha vida fluir melhor.

Dentro da minha casa a vida era um verdadeiro inferno, mesmo antes de conhecer o Espiritismo, meus pais brigavam muito, e viviam sem conversar e nós filhos, sofríamos muito. Eu mesmo sofria demais, ouvindo as brigas, me lembro de varias vezes entrar para o quarto e pedir para Deus que meus pais se separassem já que não eram felizes. Outras vezes, eu chegava a interferir nas brigas, pois minha mãe chorava, não se defendia, meu pai sempre foi um homem duro, que usava palavras que feriam minha mãe e a nós filhos. Qualquer conversa virava briga, e eu julgava que meu pai era o único culpado por tudo isso. No Espiritismo os espíritos sempre me falavam da minha família, me diziam que eu era a pessoa que deveria buscar ajuda e tratamento espiritual para minha família, diziam que eram espíritos que nos perseguiam porque em outra vida nós havíamos matado todos eles numa fazenda de escravos. Muitas coisas diziam, e muitas coisas aconteciam e até faziam muito sentido.

Eu estudava com afinco a Doutrina, eu estava maravilhada com tamanha sabedoria, na verdade, para aqueles que não conhecem a Palavra de Deus o Espiritismo é Encantador, pois é uma Filosofia, é Ciência e é Religião, mas é um engano, pois em 10 anos de busca eu não consigo me recordar de uma única bençao que tenha sido verdadeira e proveniente de Deus. Muito pelo contrario, eu me tornava cada dia mais infeliz, nada na minha vida dava certo, eu não tinha tranqüilidade interior, no trabalho sempre era perseguida, e precisava mudar de emprego, na vida afetiva eu não encontrava êxito também, e em casa aquele inferno antes descrito, porém mais intenso ainda. Minha mãe adoeceu, passou a ter ataques de pânicos horríveis, meu pai continuava agressivo e duro nas palavras, minha irmã cada vez mais fechada em seu mundo, a ponto de cair em depressão, e o meu irmão se tornou um rapaz inseguro e agressivo, a ponto de agredir a mim e minha mãe.

Preciso relatar a questão do meu sono, eu morria de medo de dormir, e principalmente de dormir no escuro. Eu tinha algo que no Espiritismo eles denominam de ‘’Desdobramento’’ e isso era um prato cheio para os demônios de Satanás, eu passei todos esses anos tendo experiências horríveis de ser amarrada na minha cama e apanhar de espíritos imundos, eles me aterrorizavam, eram formas de morcegos, de bolas negras que tentavam me atingir, eram cabeças cortadas em bandejas, sangue, muito sangue. No Centro diziam que ia passar quando eu tivesse fé, quando eu começasse a fazer preces para meu anjo de guarda. Mas nada mudava, só piorava. Quantas noites eu passei em claro sentada na minha cama com medo de dormir e ser aprisionada. Nossa, foram muitas, perdi as contas de quantos foram ao todo. E as vozes me perseguiam, me aterrorizando completamente. E o engraçado, é que eu nunca encontrei no Espiritismo uma pessoa que tivesse disposta a me ajudar verdadeiramente. Eu pedia ajuda aos espíritas mais antigos e todos diziam a mesma coisa, mas nenhum deles segurou na minha mão e se propôs a me ajudar a carregar a cruz. Eu me sentia cada vez mais sozinha, num cativeiro de uma falsa fé.

Passaram-se 10 anos assim, e hoje eu Creio que se não fosse pela misericórdia de Deus, (Glória a Deus por isso.) nossa família teria se desfeito.

No final do ano de 2007, se não me falha a memória foi Novembro de 2007 eu tive um sonho: nele eu estava no meu quarto e eu recebia das mãos de um homem um livro aberto, hoje eu sei que era a Bíblia, mas na época eu não identifiquei, e quando eu segurei o livro aberto eu olhei e as letras eram escritas em dourado, brilhavam como se estivem vivas, e a voz do homem disse: ‘’Ana, você conhecerá uma verdade que vai ultrapassar todo o conhecimento que você tem.’’. Eu me lembro que acordei, sentei na cama e fiquei pensando no que poderia ser mais verdadeiro que o Espiritismo. Eu não consegui descobrir, a minha mente racional estava presa em conhecimentos racionais aprendidos ao longo dos anos. Mas Deus poderia mudar tudo, e assim Ele fez.

Deus é Maravilhoso. Aleluia.

Começou o ano de 2008, me recordo que na virada do ano eu estava começando a me envolver em uma outra tentativa de namoro. Eu estava desempregada, sem auto-estima e muito carente de felicidade, e a carência é uma verdadeira arma nas mãos de Satanás, pois ele a usa para nos fazer envolver em relacionamentos que não são de Deus. Eu então estava envolvida por um rapaz, em uma paixão cega. Hoje sei que apaixonar-se não é bom, não é verdadeiro e sempre nos traz muito sofrimento. Mas na minha vã ilusão tudo ia bem, maravilhosamente bem. Logo comecei a trabalhar. Eu estava feliz. Pensava: Chegou a minha vez de ser feliz. Na minha casa as coisas continuavam ruins, mas eu estava tão cansada de tentar ajudá-los e não conseguir que decidi que agora era a minha vez de ser feliz. E então, decidi viver a minha vida. Estes eram os meus planos. Mas não eram os planos de Deus.

Em Fevereiro de 2008, no Carnaval aconteceu que todos nós estávamos em uma viagem em família e nela ouve mais uma das brigas, sempre assim, quando estávamos felizes acontecia algo para destruir, meu pai e eu discutimos e ele ficou com muita raiva de mim, eu havia mais uma vez sido petulante (esqueci de relatar que eu sempre questionava meu pai e batia de frente nas decisões dele, o espírito de contenda reinava na minha vida também), e no dia de voltar para casa meu pai me proibiu de voltar e eu fiquei muito assustada com essa reação dele, e ele me deixou lá, todos vieram embora e eu fiquei para trás, sozinha. Quando eu voltei para Goiânia eu estava decidida a sair de casa, acreditava que minha casa não era mais o meu lugar, e estava muito magoada com meu pai, eu não esperava ele me deixar lá, afinal de contas nós dois sempre brigávamos, mas não a ponto dele me deixar lá como uma qualquer. Bom, eu estava mesmo decidida, e após o feriado de carnaval decidi procurar um lugar para morar, eu pensava: “Estou trabalhando, posso morar sozinha.” E fui em busca de um local para morar. Mas no mesmo dia que eu havia decidido eu perdi o emprego. Meu Deus, eu não entendia nada. Eu estava agora sem emprego, como eu ia sair de casa? Não dava, pelo menos não nesse momento. Ainda restava o relacionamento com o rapaz por quem eu estava cada vez mais apaixonada, mas somente eu estava, ele não nutria por mim o mesmo sentimento, eu só pude ver isso depois. Bom, mas no dia seguinte Deus providenciou, e abriu os meus olhos, e devido um acontecimento em uma boate, eu precisei sair da vida deste rapaz também. Tudo isso aconteceu em apenas uma semana. Em uma semana, toda a felicidade que eu julguei ter escorria por entre os dedos das minhas mãos. Eu estava completamente infeliz. Eu não entendia, eu perguntava para Deus porque Ele estava fazendo tudo isso comigo. Eu amaldiçoei o dia em que nasci. Eu queria morrer. Mais fracassos. Minha vida não tinha mais sentido. Mas é nessa hora que Deus se apresenta e Ele se apresentou de uma forma lindíssima.

Eu estava indo buscar minhas coisas na casa desse rapaz, e no caminho eu chorava muito e dizia: ‘’ DEUS EU TENHO CERTEZA QUE O SENHOR SE ESQUECEU DE MIM’’, eu devo ter repetido essa frase umas 04 vezes. Quando estacionei meu carro, eu desci e olhei para uma lixeira que tinha na porta de uma casa e vi 02 livros, ainda embalados no plástico, eu fui até a lixeira e peguei e não acreditei quando li o titulo de um dos livros: ‘’PORQUE DEUS NÃO SE ESQUECE DE VOCE’’ Pr. Silas Malafaia. Como Deus é Bom! Eu Creio que Ele colocou aquele livro ali para me fazer recordar do seu amor por mim. Hoje eu sei que Ele agiu ali.

No mesmo mês Deus usou uma amiga para me indicar um Pastor, e eu estive na casa dele, e nesta tarde, do dia 27 de Fevereiro de 2008 eu aceitei Jesus como único Senhor e Salvador da minha vida. Hoje estou completamente mudada, me converti verdadeiramente, meu coração hoje é todo do Senhor. Entreguei toda a minha vida nas mãos de Deus. Aprendi o que é Obedecer a Palavra de Deus, Compreendi que Ele tem um propósito na minha vida e tantas outras coisas Ele tem me ensinado. Deus me sustentou e sustentou a minha família por todos esses anos. Gloria a Deus por isso. Gloria a Deus pelo seu imenso amor pela humanidade, pela minha família e pela minha vida. Me batizei no dia 07 de Setembro de 2008. Tive grandes lutas antes do batismo, perdi novamente o emprego e outro namorado Deus tirou da minha vida, mas eu não murmurei, eu aceitei, porque o Espírito Santo já habita em mim, e me faz compreender com o coração que Ele sabe o que melhor para minha vida.

Atualmente estou no deserto, não tenho nada do que pedi a Deus, mas tenho o principal, tenho o Deus Vivo na minha vida. Minha família ainda se encontra aprisionada por Satanás, mas é por um tempo apenas, pois Deus me prometeu que todo a minha família irá servir ao Senhor, que nenhum deles se perderá. E eu CREIO nessa promessa. Hoje eu compreendo porque até hoje moro aqui nesta casa com eles. É propósito de Deus. Estou passando por lutas, a Guerra Espiritual esta grande, mas Deus me capacita todos os dias, me deu autoridade e hoje eu clamo o nome daquele que tem poder no Céu, na Terra e Debaixo da Terra, Jesus, o Nome sobre todo Nome. Hoje Satanás não toca em mim quando eu durmo, e Eu posso guerrear na minha casa, quando todos já estão dormindo, pois sou hoje uma Guerreira do Senhor, e a guerra já é ganha no nome de Jesus Cristo, o meu Salvador. Eu Creio que a verdadeira felicidade vai ser vivida pela minha família. Eu creio que minha mãe e minha irmã irão sair da Depressão e da Síndrome do Pânico, eu Creio na libertação dessas vidas. Eu Creio no Amor de Deus por elas. Eu Creio que meu pai e meu irmão conhecerão a Deus. Estou disposta a servir a Deus para ver os meus familiares encontrando esse Deus que me encontrou. Eu hoje digo: ‘’eis aqui Senhor, usa-me de acordo com sua vontade, pois já não sou eu quem vivo, e sim o Senhor que vive em mim. Aleluia.’’

Ana Cristina Oliveira.

Sei que a Ana Cristina se encontra bem, firme e fiel ao Senhor!

Casou no final do ano passado.

Trocámos email's na altura e pedi-lhe para publicar o seu testemunho!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.