Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

O que vende

 

Numa antiga banda desenhada do Charlie Brown, no primeiro dia de aulas do novo ano lectivo, é pedido aos alunos que escrevam uma composição sobre o regresso às aulas. A Lucy escreveu: «As férias são boas, mas é bom voltar à escola. Não há nada melhor e mais desafiante do que a educação, e eu estou ansiosa por um novo ano em que poderei expandir o meu conhecimento». A professora ficou satisfeita e elogiou a Lucy pela sua composição. No final da banda desenhada, a Lucy inclina-se para o Charlie Brown e segreda-lhe: «Depois de algum tempo, começas a aprender o que vende». A tentação de pregar «o que vende» está sempre connosco. Paulo avisa a igreja de Corinto para que estejam alerta contra quem pregue «... outro Jesus... outro espírito... outro evangelho...»


Tal como Jonas, somos chamados a pregar para pessoas que preferiam ouvir algo diferente. Mas fugir não resultou para Jonas, e não resultará para nós «...o Senhor mandou ao mar um grande vento...e o navio estava para quebrar-se.» (Jonas 1:4). Se tiver de o fazer, o Senhor irá naufragar os nossos planos para nos fazer ir onde temos de ir e dizer o que Ele nos chamou para dizer. Um pastor recentemente percebeu que a sua mensagem estava a atrair grandes multidões, mas não estava a transformar pessoas em discípulos, então mudou de direcção. A primeira coisa que Deus ordenou a Jonas que dissesse quando chegasse a Nínive foi: «Arrependam-se». O evangelho faz duas coisas: conforta os aflitos e aflige os que estão confortáveis. A verdade que nos liberta far-nos-á sentir mal, antes de nos fazer sentir bem. O objectivo de Deus não é o nosso conforto, é construir em nós a personalidade de Cristo para que o mundo seja atraído para Ele.

 

 

 

http://jesusnovavida.blogs.sapo.pt/

2 comentários

Comentar post