Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Comunicação com os mortos – Mediunidade

 

Os espíritas crêem que os espíritos dos falecidos se comunicam com os vivos aqui na terra, e declaram:

–“Todo o homem é um médium e está cercado no seu dia a dia por uma população invisível que, sem que ele saiba ou queira, com ele se relaciona.” (O que é O Espiritismo, pág.39, de Maria Laura Viveiro de Castro).

 

Distorcem a Bíblia, por conveniência, para contradizer os verdadeiros ensinamentos cristãos.

Na verdade o que acontece nas sessões espíritas é a manifestação de demónios personificando os mortos.

Um médium é um mediador, e este, quando entra em transe (trata-se de uma condição inconsciente ou insensível; um estado em que a consciência e as sensações corpóreas ficam suspensas por algum tempo), declara o que ouve e vê nessa condição, e o espírito que está no “controle” o faz escrever (psicografar).

No fim do transe, o médium sente-se fisicamente esgotado.

 

Assim diz a Palavra do Senhor: “Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te deu, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos. Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador, nem quem consulte um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz estas coisas é abominável ao Senhor, e é por causa destas abominações que o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti.” (Deuteronômio 18:9-12).

Não somente os citados acima eram repudiados por Deus, mas todos que se envolviam com eles.

Também não se ora pelos mortos. Ver II Samuel 12: 22  E disse ele: Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque dizia: Quem sabe se DEUS se compadecerá de mim, e viverá a criança?
23  Porém, agora que está morta, porque jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela näo voltará para mim.

 

Obs.: A proibição divina de se consultar os mortos mostra-nos que já naquela época existia o "espiritismo" (comunicação com os espíritos dos mortos) o que não significa que haja comunicação real com eles, pois o que acontecia era apenas uma tentativa de comunicação interceptada pelos demónios ao serviço de Satanás, no mundo espiritual, o que Deus abomina.

Ver Isaías 8:19  Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura näo consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?
20  Å lei e ao testemunho! Se eles näo falarem segundo esta palavra, é porque näo há luz neles.  e Efésios 6:10 No demais, irmäos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
11 Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
12 Porque näo temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

 

Entendeu agora que:

A proibição Divina, não é porque existe tal comunicação, mas porque, por trás da comunicação estão os demónios liderados por Satanás, facto que o homem natural ignora ou prefere ignorar... sendo essa ignorância incutida pelas doutrinas reencarnacionistas que negam a existência dessas entidades.

“...uma jovem, que tinha espírito de adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores. Esta, seguindo Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens, que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo. E isto fez por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E na mesma hora saiu.” (Atos 16:16-18).

Se o "espírito" que falava através da jovem, e que dizia a verdade, procedesse de Deus acham que Paulo o mandaria sair?

Paulo sabia que era um demónio que falava através da jovem e por isso o reprendeu e mandou sair dela em nome de Jesus Cristo!