Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

ESTE É O EVANGELHO DE DEUS E DE JESUS CRISTO, SEU FILHO!

"A palavra evangelho vem da palavra grega euangélion, que é apropriadamente traduzida por "boas novas". Em certo sentido, todas as páginas da Escritura contêm o evangelho, mas, n'outro sentido, o evangelho refere-se a uma mensagem muito específica _ a salvação conquistada para um povo caído por meio da vida, morte, ressurreição e ascensão de Jesus Cristo, o Filho de Deus.
De acordo com o beneplácito do Pai, o Filho eterno, que é igual ao Pai e é a exacta representação da Sua natureza, voluntariamente deixou a glória do céu, foi concebido pelo Espírito Santo no ventre de uma virgem e nasceu como o homem- Deus: Jesus de Nazaré "A este que vos foi entregue pelo determinado conselho e presciência de Deus, prendestes, crucificastes e matastes pelas mãos de injustos;" (Atos 2:23); "O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;" (Hebreus 1:3); Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;" (Filipenses 2:6-7); "E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus." (Lucas 1:35)
Como homem, Ele andou nesta terra em perfeita obediência à lei de Deus "Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado." (Hebreus 4:15).
Na plenitude dos tempos, os homens rejeitaram-no e crucificaram-no. Na cruz, Ele carregou o pecado da humanidade e morreu no seu lugar "Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados." (1 Pedro 2:24); "Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus;" (1 Pedro 3:18); "Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o
 enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão."  (Isaías 53:10). 
No terceiro dia, Deus ressuscitou-O dos mortos. Tal ressurreição é a declaração divina de que o Pai aceitou a morte do Filho como sacrifício pelo pecado. Jesus pagou a penalidade pela desobediência do homem, satisfez as exigências da justiça e aplacou a ira de Deus "vos como vos falou, estando ainda na Galiléia," (Lucas 24:6);  "Declarado Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santificação, pela ressurreição dentre os mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor," (Romanos 1:4); "O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação." (Romanos 4:25).
Quarenta dias após a ressurreição, o Filho de Deus ascendeu aos céus, assentou-se à destra do Pai, e recebeu a glória, honra e domínio sobre tudo "O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;" (Hebreus 1:3); "E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. (Mateus 28:18); Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele. E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído." (Daniel 7:13-14).
Lá, na presença de Deus, ele representa o seu povo e faz pedidos a Deus Pai em nome deles "os ele, se apartou deles e foi elevado ao céu." (Lucas 24:51); "Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai." (Filipenses 2:9-11); "se à destra da majestade nas alturas;" (Hebreus 1:3) "Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles." (Hebreus 7:25).
Todos aqueles que reconhecem o próprio estado impotente de pecado e depositam a sua confiança em Cristo, Deus perdoará plenamente, declará-los-á justos e reconciliá-los-á consigo mesmo "A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo." (Romanos 10:9).

ESTE É O EVANGELHO DE DEUS E DE JESUS CRISTO, SEU FILHO!
Paul Washer - O Poder do Evangelho e a Sua Mensagem