Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

Blog d'espiritismo _ A verdade

Não há, pois, como considerar Cristão, alguém que não crê no sacrifício que o Deus Vivo fez por nós. Desta forma, como filhos de Deus , devemos tomar cuidado com seitas que se dizem Cristãs, mas que são a mais pura deturpação da verdade.

QUAL JESUS? QUAL EVANGELHO?

O espiritismo fala em "evangelho" e em "Jesus o Cristo", mas... Nem o evangelho é o de Jesus Cristo, e nem o "Jesus Cristo" do espiritismo é o Jesus Cristo do Evangelho que o Cristo Bíblico nos deixou!

Vejamos:

a) O JESUS DA BÍBLIA disse que viria com todos os santos anjos para julgar. Os condenados seriam enviados para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos (Mateus 25:31-32,41). 

O JESUS DE KARDEC disse que: "meu Pai não quer aniquilar a raça humana". É claro. Deus não deseja a aniquilação de ninguém (a aniquilação da raça humana não é um ensino bíblico), mas fará justiça segundo a Sua Palavra.

 

b) O JESUS DA BÍBLIA ensinou-nos, na história do rico e Lázaro, que os mortos não podem ajudar os vivos, nem comunicar-se com eles (Lucas 16:19-31). 

O JESUS DE KARDEC exorta mortos e vivos a uma mútua ajuda para se enquadrar nas ideias e conceitos Kardecistas.

 

c) O JESUS DA BÍBLIA, pela história de rico e Lázaro, ensina que devemos ouvir Moisés e os profetas, ou seja, a Palavra de Deus (Lucas 16:29). Já ressuscitado, Jesus recomendou que o Seu evangelho (Boas Novas da Salvação ou Novo Testamento) fosse pregado em todo o mundo (Mateus 24:14). 

O JESUS DE KARDEC pede a todos para não darem ouvidos à voz dos profetas e dos apóstolos, mas sim à voz dos mortos (demónios). Muito conveniente este "Jesus" que "falou" com o codificador espírita... conveniente para Kardec e para Satanás, claro!

 

d) O JESUS DA BÍBLIA afirmou que a verdadeira ressurreição, quando os salvos receberem um corpo transformado, se dará num momento futuro, e não imediatamente após a morte: "Pois vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua [a de Jesus] voz e sairão" (João 5:28). Aqui Jesus fala de ressurreição corporal, idêntica à d'Ele. Ressurreição não é, como entendem os espíritas, a libertação do espírito. Se assim fosse, cada um teria sua ressurreição individual. Jesus afirmou que haverá um dia determinado para a ressurreição (João 5:25; 6:44,54; 1 Ts 4:16-17). 

O JESUS DE KARDEC declara que a morte é a ressurreição, tentando com isso afirmar que "com a morte do corpo, o Espírito se liberta para o plano espiritual", o que significaria uma ressurreição. 

 

e) O JESUS DA BÍBLIA citou mandamentos diferentes: "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento; amarás o teu próximo como a ti mesmo" (Mateus 22:37-40) 

O JESUS DE KARDEC falou de dois mandamentos: 

(a) Os espíritas deverão amar uns aos outros;  

(b) Todos devem adquirir conhecimento. (não bíblico, claro!!)

 

d) O JESUS DA BÍBLIA disse que "estreita é a porta e apertado o caminho que conduz à vida" (Mateus 7:14). 

O JESUS DE KARDEC disse que o caminho que conduz ao reino de Deus é "reto e largo" (directo para o inferno). 

 

É evidente que Kardec arranjou um "Jesus" sob medida para a doutrina da reencarnação... o caminho indicado pelo Espiritismo é largo, e sem dificuldades! Afinal, façam o que fizerem, terão sempre mais uma oportunidade numa outra vida. Sem pecado, sem inferno, sem juízo final, sem necessidade de perdão, todos atingirão a plenitude, o clímax, a perfeição, mediante sucessivas reencarnações, bastando para isso fazerem "boas obras" e "adquirir conhecimento".

Os kardecistas, na ânsia de buscarem na Bíblia passagens que legitimem a crença reencarnacionista, citam a 1ª Carta de Paulo aos Coríntios 15:50: "E agora digo isto, irmãos, que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus...". 

Com isso, tentam convencer-se e convencer os pobres incautos que lhes dão ouvidos, de que não pode haver ressurreição corporal.  Acontece que fecham a Bíblia muito cedo e não lêem o versículo seguinte no qual Paulo diz que "todos seremos transformados""E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção. Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados." Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo." - 1 Coríntios 15:50-57

 

Os espíritas condicionados pelo ensino dos doutrinadores espíritas, ignorantes das Escrituras, inimigos de Deus, amam um outro Jesus, um Jesus que não passou de um médium evoluído, um Jesus que não tem nada a ver com o Jesus de quem a Bíblia nos fala, um Jesus falsificado.

O Jesus da Bíblia é salvação, novo nascimento, vida eterna; o "Jesus" do espiritismo é garantia de morte espiritual e de uma eternidade debaixo da ira de Deus. O mesmo nome, dois caminhos diferentes.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.